Paulo Paixão deixa o Internacional após áudio vazado

O Coordenador de Preparação Física do Internacional, Paulo Paixão, pediu demissão do cargo, nesta segunda-feira (22). Assim, o motivo do desligamento foi o vazamento de um áudio, com duras críticas ao elenco. Nesse hiato, o áudio continha críticas a juventude do mesmo e a alguns líderes do grupo. Como por exemplo, Patrick e Rodrigo Dourado, que estariam a bastante tempo no Clube.

Além disso, o profissional fez uma grave manifestação sobre o meio-campista Gabriel Boschilia. Chamando-o de enganador. Em uma rede social, o atleta defendeu-se e respondeu: “Primeiramente quero dizer que discordo do teor do áudio. Nunca “enganei” ninguém na minha carreira, por onde passei…”. Ainda mais, a pedido do próprio Paixão, o Inter divulgou o vídeo a seguir.

Aliás, confira na íntegra a nota oficial pelo Internacional:

“O Sport Club Internacional comunica que o Coordenador de Preparação Física Paulo Paixão pediu demissão do cargo. O profissional procurou o diretor-executivo Paulo Bracks e alegou não ter mais ambiente para seguir no Clube.

Paixão lamenta o episódio da divulgação de um áudio privado e pede desculpas ao grupo de jogadores e ao Internacional. O Clube agradece pelos serviços prestados e deseja sorte na sequência de sua carreira.”

Por último, diante desse momento conturbado, o Colorado retorna a campo na próxima quarta-feira (24), às 21h30 (horário de Brasília). Em resumo, visita o Fluminense no Maracanã, pela 35ª rodada do Brasileirão 2021.

Foto destaque: Divulgação/Ricardo Duarte/S. C. Internacional

Leonardo Oliveira
Sou Gaúcho, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Federal de Pelotas, além disso, como grande aficionado a área esportiva, não consigo imaginar nada que me deixe mais realizado do que falar sobre futebol.

Deixe um comentário