Paul Pogba, um maestro supervalorizado?

Mais uma temporada chegou ao fim e Pogba novamente é o centro das atenções no mercado da bola. Se na temporada passada o Barcelona esteve próximo de contratar o suposto substituo de Xavi, quem saiu na frente pela contratação do jogador desta vez foi o Real Madrid. 
 
Há rumores de que Toni Kroos pode deixar o clube merengue e migrar para o futebol inglês ou italiano e, desta forma, os espanhóis recorreriam ao francês para reforçar o setor de meio de campo. Entretanto, segundo noticiado pelo programa esportivo espanhol, El Partido de las 12, a Juventus pediu a quantia de R$ 1,1 bilhão para liberar Paul Pogba. 
 
O pedido da Velha Senhora suscita a discussão acerca do real potencial de Pogba. 
 
Atuando pela Juventus, o francês veste a camisa 10 e é um dos protagonistas da equipe pentacampeã italiana. Ao longo do último campeonato italiano, Pogba balançou apenas oito vezes, algo abaixo do esperado para um jogador de tanto status. Mesmo assim, após a conquista do pentacampeonato da Juve, Pogba cravou em alto e bom som: serei o melhor meia do futebol mundial. 
 
Para além disso, vestindo a camisa da Seleção francesa, o desempenho do jovem jogador também deixa a desejar. Na última Copa, os destaque dos Les Bleus foram Valbuena e Benzema. Na Eurocopa deste ano, em pleno solo francês, na primeira partida, contra a Romênia, Pogba, mais uma vez, deixou a desejar e o protagonismo foi assumido por Payet, do West Ham. Nesta quarta, 15, contra a Albânia, Pogba foi preterido por Didier Deschamps e deu lugar ao jovem Martial, do Manchester United. A grande estrela da Seleção entrou no segundo tempo, mas pouco fez. 
 
Tecnicamente, Pogba é um bom jogador e lembra um jogador das antigas: tem postura, passadas largas e bate muito bem na bola. Mas talvez falte ao camisa 10 da Juventus foco em seu futebol. Pogba deve deixar a marra de lado e exibir seu futebol, pois hoje, seu cabelo chama mais atenção que o seu futebol. 
André Siqueira Cardoso

Sobre André Siqueira Cardoso

André Siqueira Cardoso já escreveu 313 posts nesse site..

Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

BetWarrior


Poliesportiva


André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

    Artigos Relacionados

    Topo