Passo a passo: Como se concretiza uma transferência

É comum pensar que transferir um jogador de um clube para outro é um processo simples. Uma equivocada ideia de que “é só pagar a multa rescisória” ou “acerta o salário do jogador com o empresário que está tudo certo” está muito longe de resumir todos os procedimentos envolvidos.

Para uma transferência ser oficializada pelo Sistema de Transferências Internacionais da FIFA (ITMS), é necessário seguir nove etapas, estabelecidas pelo Relatório Global do Mercado de Transferências da FIFA. Em 2016, mais de 15 mil transferências internacionais de jogadores foram concretizadas, e todas elas seguiram à risca o protocolo determinado. Confira todo o processo a seguir:

Passo 1: O clube comprador entra em contato com o clube vendedor com detalhes do jogador que querem exercer compra ou empréstimo e por quanto dinheiro.

Passo 2: Quando as duas partes chegarem a um acordo sobre os termos da negociação, a associação representante do clube vendedor (no caso de um clube brasileiro, por exemplo, a CBF) precisa confirmar a identidade do jogador no ITMS.

Passo 3: Uma vez que há a confirmação, a FIFA permite que o processo continue.

Passo 4: A associação representante do clube comprador solicita um Certificado Internacional de Transferência (ITC) da associação do clube vendedor.

Passo 5: A associação do clube vendedor ou entrega o ITC ou rejeita a solicitação.

Passo 6: Se entregue, a associação do clube comprador deve colocar o registro do jogador no ITMS.

Passo 7: O jogador torna-se apto para jogar em seu novo clube.

Passo 8: Seu novo clube completa o pagamento ao clube vendedor e inseri o recibo no ITMS.

Passo 9: A transferência está concluída.

Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados