Passaporte Rússia – Caminho croata até a Copa

- Os Vatreni precisaram da Repescagem, mas garantiram vaga para o Mundial da Rússia

O Passaporte Rússia é mais uma coluna do Futebol na Veia que apresentará curiosidades de todas as seleções que participarão da Copa do Mundo deste ano. Este é o terceiro de sete textos sobre a Seleção Croata. Confira como os Vatreni chegam para o Mundial.

Nas Eliminatórias Europeias, a Croácia caiu no Grupo I, se juntando a sensação Islândia, Ucrânia, Turquia, Finlândia e Kosovo. Os Vatreni puderam se considerar com sorte neste chaveamento, pois eram a melhor seleção tecnicamente dentre as demais, estas pouco expressivas em âmbito mundial. Entretanto, a Croácia, mesmo começando bem a competição, viu a Islândia sempre em “seu calcanhar”, até que o País do Gelo assumiu a liderança do grupo e se classificou de forma direta para a Copa. Os Vatreni chegaram ao último jogo das Eliminatórias com chances reais sequer chegaram a Repescagem, mas venceram a Ucrânia no confronto direto e, na fase seguinte, bateram a Grécia. Antes da última rodada da fase de grupos, contra a Ucrânia, o técnico Ante Cacic foi demitido. A partir daí, a seleção da Croácia passou a ser comandada por Zlato Dalic.

Classificação final Grupo I (Reprodução/Globo Esporte)

PASSAPORTE RÚSSIA – CAMINHO CROATA ATÉ A COPA

ELIMINATÓRIAS EUROPEIAS PARA A COPA DO MUNDO 2018

Croácia 1 x 1 Turquia – 05/09/2016

Na estreia das Eliminatórias, a Croácia recebeu a Turquia e pressionou mais os adversários. Entretanto, os donos da casa, mesmo arriscando 17 finalizações na partida, não conseguiram começar a competição com a vitória. Rakitic abriu o placar de pênalti aos 45 do primeiro tempo, mas o meia atacante Hakan Çalhanoğlu empatou apenas dois minutos depois, dando números finais à partida.

Disputa de bola entre Şener Özbayraklı e Ivan Perisic (Reprodução/AFP/Getty Images)

Kosovo 0 x 6 Croácia – 06/10/2016

Agora sim os Vatreni “estrearam com o pé direito”. Com pleno domínio em solo visitante, Mandzukic, inspirado, marcou três vezes. Mitrovic, Perisic e Kalinic anotaram os outros gols, fechando a goleada.

Mandzukic marca na goleada sobre Kosovo (Reprodução/Antonio Bronic/Reuters)

Finlândia 0 x 1 Croácia – 09/10/2016

Mais uma partida fora de casa e novamente o centroavante decidiu. Mesmo com a Croácia desfalcada de Modric, a Finlândia não ofereceu qualquer perigo à meta do goleiro Subasic, não tendo acertado sequer um chute em direção ao gol. Mandzukic chamou a responsabilidade e balançou as redes.

Brozovic e Alexander Ring disputam bola (Reprodução/AFP/Getty Images)

Croácia 2 x 0 Islândia – 12/11/2016

Até o momento, este era o principal confronto do Grupo I. Croácia e Islândia tinham sete pontos cada, sendo os Vatreni levam a melhor no saldo de gols (sete a quatro). Atuando em Zagreb, os donos da casa foram superiores ao País de Gelo, não permitindo nenhuma finalização a gol dos visitantes. Brozovic marcou duas vezes e foi o herói da partida. Perisic, por sua vez, foi expulso aos 49 do segundo tempo.

Brozovic abre o placar contra a Islândia (Reprodução/AFP/Getty Images)

 Croácia 1 x 0 Ucrânia – 24/03/2017

Esta partida marcou a quinta vitória croata consecutiva. Em um jogo muito equilibrado, tendo 11 finalizações dos Vatreni e nove para os visitantes, Kalinic balançou as redes ainda no primeiro tempo e garantiu os três pontos para a seleção da casa.

Croatas comemoram o gol de Kalinic (Reprodução/AFP/Getty Images)

Islândia 1 x 0 Croácia – 11/06/2017

O País do Gelo praticamente “jogou água no chopp” croata. Magnússon, aos 45 do segundo tempo, cabeceou em um escanteio para assegurar a vitória islandesa. Depois desta derrota, a Croácia ainda venceu o Kosovo antes de entrar em uma “turbulência” nas Eliminatórias.

Mandzukic não tem espaço contra a defesa da Islândia (Reprodução)

Croácia 1 x 0 Kosovo – 03/09/2017

Atuando em casa, a Croácia precisava da vitória após a derrota no confronto direto diante da Islândia. O que prometia ser um jogo quente foi paralisado devido às más condições climáticas. Em um confronto de raras oportunidades, o zagueiro Vida anotou o único gol do confronto na segunda etapa.

Zagueiro Vida, autor do único gol da partida, cumprimenta o técnico adversário, Albert Bunjaki (Reprodução/Reuters)

Turquia 1 x 0 Croácia – 05/09/2017

O que seria uma chance de engatar uma nova sequência de vitórias tornou-se mais uma derrota. O atacante Cenk Tosun aproveitou o rebote do goleiro Subasic e marcou o único gol do jogo.

Modric tenta avançar contra a marcação turca (Reprodução/HNS)

Croácia 1 x 1 Finlândia – 06/10/2017

A hora era agora. Para encaminhar a classificação para a Rússia, os Vatreni precisavam fazer o dever de casa. Mandzukic aproveitou a sobra da defesa finlandesa e abriu o placar no começo do segundo tempo. Entretanto, os visitantes foram “indigestos” e empataram aos 45, com o ponta Pyry Soiri. Esta partida marcou a última do técnico Ante Cacic, que foi demitido. O treinador Zlato Dalic é o comandante da seleção.

Mandzukic divide com o zagueiro Paulus Arajuuri (Reprodução/Reuters)

Ucrânia 0 x 2 Croácia – 09/10/2017

Antes da bolar rolar para a última rodada do Grupo I, Islândia (19), Croácia (17) e Ucrânia (17) eram as seleções que ainda disputava vaga para a Copa. O País do Gelo já estava ao menos garantido na Repescagem, e a vitória por 2 x 0 contra Kosovo carimbou o passaporte para a Rússia. Croácia e Ucrânia fizeram o confronto para decidir quem ficaria com a outra vaga. Mesmo sofrendo pressão dos donos da casa, os Vatreni foram à Repescagem graças ao atacante Andrej Kramaric, que marcou duas vezes com a bola aérea.

Kramaric abre o placar para a Croácia (Reprodução/Reuters)

Repescagem

Croácia 4 x 1 Grécia – 09/11/2017

Precisando fazer o resultado em casa para viajar a Atenas com vantagem, a Croácia pressionou desde os primeiros minutos da partida. Os Vatreni contaram com seu principal jogador, Modric, para concluir a missão. O camisa 10 da seleção e do Real Madrid abriu o placar logo aos 10, em cobrança de pênalti. Kalinic, de calcanhar, ampliou. De cabeça, o zagueiro Sokratis diminuiu para os gregos. Na mesma moeda, Perisic ampliou a vantagem croata. No final da primeira etapa, Kramaric aproveitou a falha da defesa visitante e fechou o placar.

Modric comemora seu gol (Reprodução/Reuters)

Grécia 0 x 0 Croácia – 12/11/2017

Podendo perder por dois gols de diferença, a Croácia viajou para Atenas praticamente sem qualquer pressão. Sem a necessidade de buscar o resultado, os visitantes apenas contiveram as raras investidas gregas, estas que resultaram em apenas uma finalização a gol croata. Com o empate, os Vetrani confirmaram sua quinta participação em Copas.

Jogadores e comissão técnica da Croácia comemoram a classificação (Reprodução/Reuters)

Amistosos

Antes de estrear na Copa diante da Nigéria, a Croácia ainda terá dois amistosos. Enfrentará o Brasil no dia 3 de junho (domingo), às 15h, e o Senegal no dia 8 (sexta-feira), também às 15h.

Guilherme Papa

Sobre Guilherme Papa

Guilherme Papa já escreveu 268 posts nesse site..

Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

BetWarrior


Poliesportiva


Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Comments are closed.

Topo