Passaporte Rússia – Caminho alemão até a Copa

- Die Mannschaft se classificou para a Copa do Mundo de 2018 com a melhor campanha da Europa

Passaporte Rússia é mais uma coluna do Futebol na Veia que apresentará curiosidades de todas as seleções que participarão da Copa do Mundo deste ano. Este é o terceiro de sete textos sobre a Seleção Alemã. Confira como os germânicos chegaram à Copa.

Nas eliminatórias da Copa do Mundo 2018 a Alemanha estava no grupo C. Se observamos seus adversários, já era de se esperar que a Mannschaft iria ser superior e ocupar a posição de líder durante o torneio que daria um passaporte direto para a Rússia.

Com sua vaga na Copa do Mundo desse ano, a Seleção alemã se encontra no grupo F, ao lado de Suécia, Coreia do Sul e México.

PASSAPORTE RÚSSIA – CAMINHO ALEMÃO ATÉ A COPA

1ª RODADA – NORUEGA 0 x 3 ALEMANHA

Abrindo seu caminho à Copa do Mundo, os alemães venceram de forma tranquila a Noruega. Em um jogo praticamente sem dificuldades a Mannschaft comandada por Joachim Löw marcou três gols fora de casa. No primeiro tempo Thomas Müller abriu o placar, aos 14 minutos. Já no fim dessa etapa, novamente o atacante participou do gol, servindo seu companheiro Kimmich. Para fechar a conta, mais um de Müller, dessa vez no segundo tempo, a partir do cruzamento do meia Khedira.

(Reprodução/Globo Esporte)

2ª RODADA – ALEMANHA 3 x 0 REPÚBLICA TCHECA

Em casa, a Alemanha era favorita sobre a República Tcheca. Desde o início do jogo até o último minuto foi um domínio total dos alemães. No primeiro tempo o atacante Müller deixou o dele, após um passe de Özil. Na segunda etapa, logo aos três minutos o meia Toni Kroos marcou um belo gol, chutando de primeira. Thomas Müller completou o placar, com mais um gol – a essa altura, ele já havia feito quatro dos seis gols da Alemanha nas eliminatórias. Nessa partida o time comandado por Joachim Löw teve 66% de posse de bola. Tentou 633 passes e acertou 587. Mostrou em campo, que é uma das maiores potências do futebol mundial.

(Reprodução/Globo Esporte)

3ª RODADA – ALEMANHA 2 x 0 IRLANDA DO NORTE

Com 100% de aproveitamento em três rodadas das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, a Alemanha chegava à nove pontos e se isolava na liderança do grupo C. Em uma partida de total domínio, os alemães começaram o jogo em ritmo intenso, pressionando a Irlanda do Norte em seu campo de defesa. A troca de passes e a tranquilidade fez com que eles abrissem 2 x 0 em apenas 16 minutos. Os gols foram de Julian Draxler e Khedira.

(Reprodução/Globo Esporte)

4ª RODADA – SAN MARINO 0 X 8 ALEMANHA

Após a vitória esmagadora nesse jogo, Joachim Löw conquistou sua 95ª vitória em 142 partidas. Em 67% dos jogos disputados no comando da Mannschaft ele obteve a vitória, a melhor marca de um técnico na história da Alemanha. A seleção alemã não contava com grandes jogadores como Kross, Neuer e Boateng, porém o estreante Serge Gnarby fez a parte dele. Marcou três vezes na partida e comandou a goleada por 8 x 0. Os outros gols foram de Khedira, Jonas Hector, Stefanelli (marcando contra) e para fechar a conta, Volland.

(Reprodução/Globo Esporte)

5ª RODADA – AZERBAIJÃO 1 X 4 ALEMANHA

Essa partida poderia causar certo desconforto caso a Alemanha perdesse. No entanto, os 100% de aproveitamento foram mantidos. Os alemães que marcaram gols nesse confronto foram o meia atacante Schürrle, balançando as redes duas vezes, Müller e Mario Gómez. O desconto por parte do Azerbaijão veio dos pés de Nazarov, ainda no primeiro tempo. Com este gol, a seleção alemã havia encerrado uma sequência de sete jogos e meio (678 minutos) sem sofrer gols.

(Reprodução/Globo Esporte)

6ª RODADA – ALEMANHA 7 X 0 SAN MARINO

Um placar semelhante ao de Brasil x Alemanha na Copa do Mundo de 2014. Nesse jogo contra o San Marino, a seleção alemã poupou alguns de seus principais jogadores e os encarregados pelo ataque foram Sandro Wagner e Stindl, que depois saiu para a entrada de Timo Werner. Porém a estrela do jogo foi mesmo Sandro Wagner, marcando um hat-trick e comandando a vitória germânica. O zagueiro Mustafi e os meias Brandt, Draxler e Younes completaram o placar. O lateral Kimmich deu três assistências e vinha mostrando sua habilidade em fazer gols e servir os companheiros também.

(Reprodução/Globo Esporte)

7ª RODADA – REPÚBLICA TCHECA 1 X 2 ALEMANHA

Talvez um dos jogos mais apertados para os alemães já que o gol que garantiu a vitória, veio somente aos 43 minutos do segundo tempo com Hummels de cabeça. O outro gol foi de Werner ainda no primeiro tempo. Por parte dos tchecos, o empate veio no segundo tempo, em um belo chute de fora da área do volante Darida. Caso os alemães ganhassem o próximo confronto poderiam garantir sua vaga na Copa da Rússia se a Irlanda do Norte perdesse.

(Reprodução/Globo Esporte)

8ª RODADA – ALEMANHA 6 X 0 NORUEGA

A classificação para a Copa de 2018 não aconteceu nessa partida. Mesmo vencendo a Noruega por um placar elástico de 6 x 0, a Irlanda do Norte também venceu e matematicamente não deixou Die Mannschaft se consagrar antecipadamente como um dos times garantidos na Rússia. Timo Werner se mostrou o atacante que a Alemanha procurava. O camisa 11 marcou duas vezes e se destacou na partida. Os outros gols ficaram na conta de Özil, Draxler, Goretzka e do atacante Mario Gómez. A Alemanha nesse momento precisava apenas de uma vitória ou dois empates para garantir sua vaga direta.

(Reprodução/Globo Esporte)

9ª RODADA – IRLANDA DO NORTE 1 X 3 ALEMANHA

Fora de casa, a equipe alemã venceu e não ficou fora da Copa, como já era de se esperar. Rudy abriu o caminho para a classificação com um golaço aos dois minutos de jogo e Sandro Wagner e Kimmich completaram a vitória por 3 x 1. Magennis descontou no último lance para a Irlanda do Norte. Com 69% da posse de bola e o dobro de finalizações, a Alemanha não teve sua classificação ameaçada e se consagrou como uma das seleções garantidas na Copa do Mundo na Rússia.

(Reprodução/Globo Esporte)

10ª RODADA – ALEMANHA 5 X 1 AZERBAIJÃO

A seleção alemã dominou o jogo e abriu o placar com um gol de Goretzka – que depois viria a marcar outro. A equipe do Azerbaijão empatou com Sheydaev balançando as redes. Na etapa final da partida os germânicos marcaram três vezes em menos de 15 minutos com gols de Sandro Wagner e Rüdiger. Para fechar a conta, Emre Can deixou o dele cravando 5 x 1 no último jogo das eliminatórias. Com a vitória, a Alemanha terminou na liderança do Grupo C com 30 pontos e saldo de 39, com 43 gols marcados, atingindo a melhor marca na história das eliminatórias europeias.

(Reprodução/Globo Esporte)
Bruno Talpo

Sobre Bruno Talpo

Bruno Talpo já escreveu 13 posts nesse site..

Meu nome é Bruno de Faria Talpo, tenho 19 anos e atualmente estou cursando jornalismo. A comunicação é meu foco principal, independente do tema ou da forma como é apresentada. Me interesso por música, gastronomia, esportes e videogames. Outra paixão são os animais, em especial os cachorros. Admiro o futebol no geral, desde finais de Champions League até partidas de artilheiro na quadra perto de casa.

BetWarrior


Poliesportiva


Bruno Talpo
Bruno Talpo
Meu nome é Bruno de Faria Talpo, tenho 19 anos e atualmente estou cursando jornalismo. A comunicação é meu foco principal, independente do tema ou da forma como é apresentada. Me interesso por música, gastronomia, esportes e videogames. Outra paixão são os animais, em especial os cachorros. Admiro o futebol no geral, desde finais de Champions League até partidas de artilheiro na quadra perto de casa.

    Artigos Relacionados

    Topo