Passaporte Rússia – Caminho brasileiro até a Copa

Passaporte Rússia - Caminho brasileiro até a Copa

O Passaporte Rússia é mais uma coluna do Futebol na Veia que apresentará curiosidades de todas as seleções que participarão da Copa do Mundo deste ano. Este é o terceiro de sete textos sobre a Seleção Brasileira. Confira como o Brasil conquistou sua vaga no mundial.

Engana-se quem analisa o Brasil como a primeira seleção a garantir seu passaporte para a Rússia e pensa que foi fácil. Com dificuldades na Copa América, a troca de comando e certa hesitação na competição, a seleção demorou a engrenar até conseguir a classificação. Entretanto, voltou a ser o protagonista nas Eliminatórias e, com 12 vitórias em 18 jogos, e deu mais um passo rumo ao sonho do hexa.

Passaporte Rússia – Caminho brasileiro até a Copa

COPA AMÉRICA

A SAÍDA PRECOCE NA COPA AMÉRICA 2015

Vindo de um vexame na Copa do Mundo, quando perdeu para a Alemanha por 7 x 1, o Brasil iniciou a Copa América do Chile pensando em dar a volta por cima. Agora comandada por Dunga, a Seleção renovou quase todo elenco. Porém, com fracas atuações, acabou caindo nas quartas de final.

O Brasil iniciou a fase de grupos com duas vitórias (Peru e Venezuela, ambos por 2 x 1) e uma derrota para a Colômbia, por 1 x 0, jogo em que Neymar reencontrou Zuniga, mas acabou sendo expulso em nova polêmica.

Já nas Quartas, a Seleção enfrentara o Paraguai. Sem Neymar, a equipe comandada por Dunga não foi bem e, com 1×1 no tempo normal, acabou sendo eliminada nos pênaltis.

Seleção Brasileira que disputou a Copa América no Chile, em 2015 (Reprodução/Getty Images)

O NOVO VEXAME

Com nova chance a Dunga, a Seleção teve a oportunidade de esquecer as campanhas pífias recentes. Na edição centenária da Copa América, nos Estados Unidos, o Brasil enfrentou Haiti, Equador e Peru.

O Canarinho apenas empatou com o Equador em um fraco 0x0 em sua estreia e, no segundo jogo, goleou a fraca seleção haitiana por 7 x 1. Para o último jogo, uma simples vitória contra o Peru traria a classificação. Porém, sem padrão tático e dependendo apenas de Neymar, a Seleção perdeu para a La Rojiblanca por 1×0 e acabou sendo eliminada na fase de grupos. Na ocasião, faltava alma ao Brasil e sobrava pressão sobre o trabalho do técnico Dunga, que não resistiu  e acabou caindo.

Em polêmica com um suposto gol de mão, Brasil é eliminado contra o Peru (Reprodução/AFP)

ELIMINATÓRIAS DA COPA

Chile 2 x 0 Brasil – 08/10/2015

O Chile entrou como campeão da última Copa América e o Brasil entrou como seleção que vinha acumulando eliminações em jogos decisivos. O resultado, portanto, não deixou dúvidas. Com gols de Vargas e Alexis Sanchez, a Seleção perdera seu primeiro jogo em estreias nas Eliminatórias.

 

Brasil 3 x 1 Venezuela – 13/10/2015

5 dias depois, a Seleção “driblou” a desconfiança da torcida cearense e, no Castelão, venceu a Venezuela por 3×1. Com Willian (2x) e Ricardo Oliveira, garantiu os primeiros pontos da equipe do técnico Dunga nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Argentina 1 x 1 Brasil – 13/11/2015

O Brasil foi até o Monumental de Nunes para encarar a poderosa Argentina. Lavezzi, substituto de Messi na ocasião, abriu o placar. Tudo parecia decidido, até que Lucas Lima desistiu. O camisa 20, que fez a função do 10 clássico, estava no lugar certo para empatar, após o rebote na cabeçada de Douglas Costa.

Brasil 3 x 0 Peru – 17/11/2015

Para fechar 2015, o Brasil reencontrou o Peru, que havia eliminado a equipe de Dunga pouco antes, na Copa América e, apoiado pelos torcedores baianos que acompanharam na Fonte Nova, deu show. Com uma boa atuação, a Seleção conquistou sua primeira boa vitória ao vencer por 3×0, com gols de Filipe Luis, Renato Augusto e Douglas Costa.

Brasil 2 x 2 Uruguai – 25/03/2016

Novamente em seus domínios e fazendo sua estreia em 2016, a Seleção encarou o Uruguai, de Suárez. Em um dos melhores jogos das Eliminatórias, o Brasil abriu 2×0 com gols de Renato Augusto e Douglas Costa. Porém, com falhas de David Luiz, a Seleção viu Suárez empatar, o que deixava um gosto amargo, ao sair apenas com 1 ponto.

Paraguai 2 x 2 Brasil – 29/03/2016

O Brasil encarou o Paraguai no Defensores del Chaco e, novamente em uma péssima partida, saiu no lucro ao empatar com os donos da casa. Com o empate, viu a vaga ao Mundial se tornar ameaçada. Isso porque ficou fora da zona de classificação.

A ERA TITE

Equador 0 x 3 Brasil – 01/09/2016

Na estreia de Tite, que já promoveu Gabriel Jesus nos 11 iniciais, o Brasil voltou a ser Brasil. Com dois gols do menino de apenas 19 anos e um gol de Neymar, a seleção surpreendeu os equatorianos com excelente atuação; firme defensivamente e de estímulo ao talento dos atacantes, o novo comandante levara a equipe de volta aos cinco primeiros lugares.

O novo Brasil, de Tite! (Reprodução/ Pedro Martins – MoWA Press)

Brasil 2 x 1 Colômbia – 06/09/2016

Com gols de Neymar e Miranda, o Brasil teve jogo duro, mas venceu a Colômbia. Em novo confronto difícil, o camisa 10 desequilibrou e garantiu a vitória. A seleção fica na vice-liderança com o resultado.

Brasil 5 x 0 Bolívia – 06/10/2016

Um mês depois, a Seleção passeou. Evoluiu. Ganhou com a cara de Tite. Com gols de Neymar, Coutinho, Filipe Luis, Gabriel Jesus e Firmino, o Brasil voltara a ser respeitado; com a alegria e o bom futebol, característico nas terras tupiniquins, bateu a Bolívia por 5 x 0, na Arena das Dunas.

Venezuela 0 x 2 Brasil – 11/10/2016

O Brasil jogou fora, mas se sentiu em casa. Bateu a Venezuela por 2×0 com gols de William e Gabriel Jesus e assumiu a liderança das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Brasil 3 x 0 Argentina – 10/11/2016

Na volta ao Mineirão e contra o maior rival, a Seleção Brasileira sobrou. Eficiente como nunca e vencendo como sempre, a equipe comandada por Tite chegara à sua quinta vitória. Gritando o nome de seus principais jogadores (Coutinho, Neymar e Jesus), reverências ao seu técnico e até com direito a “olé”, passeou na Argentina de Lionel Messi, ficando cada vez mais perto da Copa do Mundo.

Peru 0 x 2 Brasil – 16/11/2016

O Brasil bateu o Peru fora de casa e, com gols de Gabriel Jesus e Renato Augusto, conseguiu uma sequência que apenas o Brasil de 70 havia conseguido; chegou à sua sexta vitória consecutiva, ficando muito perto da classificação.

Uruguai 1 x 4 Brasil – 23/03/2017

Paulinho, em dia inspirado, não sentiu a pressão do Estádio Centenário e marcou três gols, no Uruguai. Para fechar, Neymar fez uma pintura e garantiu a sétima vitória seguida.

A CLASSIFICAÇÃO

Brasil 3 x 0 Paraguai – 28/03/2017

Jogando magistralmente, a Seleção de Tite fez mais uma vítima, na Arena Corinthians. Na ocasião, Coutinho e Neymar sobravam; tocavam; marcavam e, por fim: Garantiam o Brasil na Copa do Mundo. Com lindos gols, os camisas 11 e 10, respectivamente, fizeram lindos gols e, não menos bonito, Marcelo fez o último. Assim, na vitória por 3 x 0 contra o Paraguai e a derrota do Uruguai, segundo colocado nas Eliminatórias, o Brasil, agora não apenas de Neymar, foi o primeiro a conquistar a vaga para a Rússia.

Enfim, Copa do Mundo! (Reprodução/Pedro Martins/MoWA Press)

Brasil 2 x 0 Equador – 31/08/2017

Em um jogo difícil, agora a já classificada Seleção Brasileira enfrentou o Equador na Arena do Grêmio. Marcando um ano da estreia do ainda invicto Tite, o Brasil contou com a entrada de Coutinho e, mesmo vindo de lesão, chamou a responsabilidade. Paulinho e Coutinho garantiram mais uma vitória; agora por 2 x 0!

Colômbia 1 x 1 Brasil – 05/09/2017

A Colômbia interrompeu a série de vitórias brasileiras, ao empatar em seus domínios, com o Brasil; Sem as polêmicas que marcaram os confrontos entre as duas seleções desde a Copa de 2014, os rivais fizeram um jogo leal e equilibrado e apenas empataram.

Bolívia 0 x 0 Brasil – 05/10/2017

Brasil encarou a Bolívia, a altitude e, particularmente, Carlos Lampe. O goleiro boliviano fez uma atuação de gala, parou a Seleção Brasileira e garantiu o empate.

Brasil 3 x 0 Chile – 10/10/2017

RÚSSIA, ESPERE-ME; o Brasil fechou as eliminatórias da Copa do Mundo com outro show, batendo e acabando com a esperança de classificação do Chile. Sem pretensões e jogando apenas para cumprir tabela, a Seleção de Tite mostrou porque é uma das melhores e venceu La Roja por 3 x 0. Com o resultado, Tite fechou as eliminatórias invicto. Em 12 jogos sob o comando do treinador, a Seleção conquistou 10 vitórias e apenas 2 empates, sendo a primeira classificada, com um futebol de encantar os olhos e encher o torcedor brasileiro de esperanças ao Hexacampeonato.

#PartiuSerHexa! (Reprodução/Reuters)

COPA DO MUNDO

Agora, faltam apenas 34 dias à estreia da Seleção Brasileira.  O Brasil inicia sua caminhada contra a Suíça, 17/06, na Arena Rostov. A equipe de Tite está no grupo E; Costa Rica, Sérvia e a própria Suíça são seus adversários.

Igor Ribeiro

Sobre Igor Ribeiro

Igor Ribeiro já escreveu 196 posts nesse site..

Igor Ribeiro, 20 anos, é um apaixonado por futebol. Nascido no ano de 2000 em Campinas, interior de São Paulo, sempre mostrou grande afeição por esportes. Fez-se muito interessado pelas leituras em jornais e o interesse acerca do futebol foi a principal influência para sua escolha ao Jornalismo, área que desde cedo escolhera. Com essa paixão presente em sua vida, sempre é o primeiro no “vamos organizar um futebol” e totalmente contra gritar gol antes da hora!

BetWarrior


Poliesportiva


Igor Ribeiro
Igor Ribeiro
Igor Ribeiro, 20 anos, é um apaixonado por futebol. Nascido no ano de 2000 em Campinas, interior de São Paulo, sempre mostrou grande afeição por esportes. Fez-se muito interessado pelas leituras em jornais e o interesse acerca do futebol foi a principal influência para sua escolha ao Jornalismo, área que desde cedo escolhera. Com essa paixão presente em sua vida, sempre é o primeiro no “vamos organizar um futebol” e totalmente contra gritar gol antes da hora!

Artigos Relacionados

Topo