Diego Forlán é oficialmente apresentado no Peñarol.

Diego Forlán atuou pelas categorias de base do Peñarol quando criança e prometeu aos fãs e torcedores do clube que um dia voltaria para realizar o sonho de vestir a camisa de seu time de coração. Em 2015, aos 36 anos, Forlán fechou contrato com o gigante sul-americano e chegou ovacionado pelos fãs e adeptos dos Carboneros. Além disso, vestiu as cores do time Aurinegro por duas temporadas. Nesta semana, a coluna Desclausurando o Uruguaio traz informações sobre a passagem do jogador pela agremiação e início como técnico.

O INÍCIO DA TRAJETÓRIA

Dessa forma, logo em sua estreia teve a honra de marcar o primeiro gol no Estádio Campeón Del Siglo, na partida de inauguração diante do River Plate. Por outro lado, a passagem pelo gigante sul-americano não foi como Diego esperava. Na época, foram apenas lampejos do bom futebol que um dia demonstrou dentro de campo e apenas uma conquista no Uruguai.

Entretanto, mesmo com os altos e baixos o jogador conquistou o Campeonato Uruguaio. Assim, o atacante deixou a sua contribuição dentro de campo e levou o Peñarol ao mais alto nível no Uruguai. Pelos Carboneros foram 34 jogos e oito gols marcados. Além disso, o título conquistado foi o de número 50 na história do clube. Em entrevista ao jornal Ovación, Forlán agradeceu aos fãs e lamentou não ter rendido o suficiente com a camisa Aurinegra.

“Tenho de agradecer a todos, mas também aos torcedores que te emocionam. Ter desfrutado isso é incrível. Tive a oportunidade de fazer o primeiro gol no (estádio) Campeón del Siglo e ser campeão. Fomos criticados, mas demos uma alegria ao Peñarol. Ter conseguido o título 50 para o Peñarol é algo muito especial e importante para todo este grupo. Entendo que as pessoas esperavam muito de mim e quero pedir desculpas às pessoas do Peñarol. Eu também esperava mais de mim. Não atingi as expectativas. O futebol uruguaio é muito difícil e não dei o que esperava”, disse. 

https://www.instagram.com/p/CAX1fMMpMPF/

FIM DA CARREIRA E INÍCIO COMO TÉCNICO

Em 2018, aos 40 anos, Diego Forlán encerrou sua carreira como jogador de futebol. Assim, o ex-atleta concluiu um curso de treinadores na Argentina. Desse modo, o ex-jogador pode assumir o comando técnico de qualquer equipe no mundo. No dia 20 de dezembro de 2019, o Peñarol anunciou oficialmente a contratação de Diego como técnico da equipe Aurinegra.  Desde que se aposentou essa é a primeira experiência do ex-jogador como treinador.

Entretanto, com a pandemia de coronavírus e a suspensão dos jogos no campeonato uruguaio, Forlán comandou a equipe em apenas quatro jogos. Assim, foram: duas derrotas, um empate e apenas uma vitória dirigindo os Carboneros. É dele a obrigação de trazer o título de campeão uruguaio, já que em 2019 o Nacional ficou com a taça.

Em 2020, o clube também disputa a Copa Libertadores da América e almeja voltar as glórias do passado. Cabe a Forlán montar a equipe e dar espaço aos jovens talentos da base, muitos deles já estão sendo observados pelo comandante e devem ser alçados ao profissional em breve.

Foto destaque: Divulgação/ Peñarol

Brendo Felipe Romano
Sou Brendo Felipe Romano, tenho 23 anos e sou jornalista formado pela Unifaat-SP. Mais um apaixonado por esportes, principalmente futebol.

Artigos Relacionados