Os Dragões de Mourinho

Nesta terça-feira (26), a Coluna Parabéns ao Craque homenageia José Mourinho. O português é conhecido por ser multicampeão, mas também pelas polêmicas que o mesmo se envolve. No entanto, também foi um meia mas não obteve muito sucesso. Hoje em dia treina o Totteham, mas treinou grande equipes, como Porto, Real Madrid, Manchester United, Internazionale, entre outros.

INÍCIO COMO TÉCNICO

Começou no anos 90 a participar de comissão técnica como preparador físico. Depois já assumiu o cargo de auxiliar no Estrela da Amadora e no Vitória de Setúbal. Assim, pouco tempo depois, chegou ao Sporting para trabalhar como tradutor do técnico Bobby Robson, mas pouco tempo já assumiu o cargo de auxiliar técnico adjunto. Mantém-se como braço direito mesmo quando o treinador mudou para o Porto e, posteriormente, para o Barcelona.

Quando Bobby Robson mudou para o PSV, Mourinho seguiu na Espanha, se tornando um grande conhecedor do futebol espanhol. Além disso, começou a trabalhar com o holandês Louis Van Gaal. Com isso, sua confiança e o profissionalismo aumentaram ainda mais.

A VOLTA PARA PORTUGAL

No ano 2000 surge uma oportunidade de treinar o Benfica para substituir Jupp Heynckes. Sua estreia não foi das melhores e acabou sendo derrotado pelo Boavista. Mourinho dirigiu a equipe por apenas 11 jogos, uma vez que a mudança de presidência fez com que o mesmo saísse. No entanto, foi contratado pelo União de Leiria onde ficou até janeiro de 2002, quando chegou ao Porto para substituir Octávio Machado, terminando aquele campeonato em 3º lugar.

Em 2003, a equipe se sagrou campeã do Campeonato Português e também Taça UEFA, contra o Celtic. No ano seguinte, novamente ganharam o Campeonato Português e chegou à final da UEFA Champions League, onde ganhou uma visibilidade internacional e afirmou que gostaria de novos ares para a próxima temporada.

CHELSEA 

O treinador chegou e trouxe junto sua comissão técnica e com uma lista de reforços para a equipe lutar por títulos. O sucesso veio rápido. Em dezembro já era líder do Campeonato Inglês. Em fevereiro havia conquistado venceu a Copa da Liga Inglesa em cima do Liverpool. Além disso, sagrou-se campeão do Campeonato Inglês, mas acabou sendo eliminado da UEFA Champions League. Mesmo com a eliminação acabou renovando seu contrato. No ano seguinte novamente conquistou o Campeonato Inglês.

Em 2007, foi o fim da linha entre o treinador e a equipe inglesa. Assim, o mesmo acabou demitido em setembro e, posteriormente, assinando um contrato de rescisão amigável.

INTERNAZIONALE

Na Inter, o treinador viveu ótimos momentos, conseguiu grandes feitos, como bater o Barcelona por 3 x 1, e se classificou para a final da Champions League. Posteriormente, acabou sendo campeão em cima do Bayern München, por 2 x 0. A equipe também se sagrou campeã duas vezes consecutivas do Campeonato Italiano.

REAL MADRID

Chegou ao clube com a moral lá em cima e com as expectativas lá no alto também. Mas o começo foi difícil. A equipe de Madri conquistou seu primeiro campeonato, sob o comando do português apenas um ano depois de sua chegada. Ganhou a Copa do Rei em cima do rival Barcelona. Em 2012, em uma campanha que entrou para a história, conquistaram o Campeonato Espanhol com 100 pontos e 121 gols marcados. Contudo, na Champions League, os Merengues contavam com eliminações.

No entanto, no ano seguinte o desempenho da equipe caiu e não acabou conquistando nenhum título. Com isso, o presidente Florentino Peréz optou pela demissão do treinador ao final da temporada.

O RETORNO DE MOURINHO À INGLATERRA

Em 2013, The Special One retornou ao Chelsea. Contudo, desta vez, sem o mesmo sucesso da primeira passagem e, depois de duas temporadas, acabou sendo demitido.

Em 2016, foi treinar outro gigante inglês: o Manchester United. Já no seu primeiro ano conquistou três títulos, sendo Supercopa da Inglaterra, Copa da Liga Inglesa e a Liga da Europa da UEFA. Depois de duas temporadas, o rendimento da equipe havia caído muito, e o treinador acabou demitido. Assim, Mourinho assumiu o Tottenham em 2019, onde está hoje em dia e fazendo um trabalho superando as expectativas.

Foto Destaque: Reprodução/FNV

Avatar
Luiz Ary
Bom meu nome é Luiz Felipe e desde pequeno sou apaixonado em futebol. Como toda criança tinha o sonho de jogador mas a habilidade não ajudou muito. Então a melhor maneira que achei para trabalhar com o que eu amo foi o jornalismo esportivo! Estou cursando meu primeiro semestre de jornalismo na faculdade Anhembi Morumbi e meus objetivos são cobrir os principais jogos e campeonatos mundiais em grandes mídias. Sou um cara tranquilo que sabe viver bem em grupo e espero acrescentar com meus conhecimentos mas também aprender muito

Artigos Relacionados