Parabéns, Fernando Reges! Volante comemora 33 anos. (Foto: José Manuel Vidal/EFE)

Neste sábado (25), Fernando Francisco Reges completa 33 anos e, claro, a coluna Parabéns ao Craque faz uma homenagem ao brasileiro. Goiano de Alto Paraíso de Goiás, a cerca de 425 km de Goiânia, o volante iniciou no futebol nas categorias de base do Vila Nova. Pela equipe principal do Tigre, entre 2005 e 2007, fez 57 jogos e marcou três gols. Além disso, conquistou o Campeonato Goiano de 2005.

Muito querido pela torcida, seu retorno ao Colorado é muito esperado. Aparentemente, os dirigentes do clube também têm a esperança de ver novamente Fernando usando a camisa do Tigrão. O jogador não esconde o carinho que tem pelo time. Recentemente, após revitalização no alojamento da base, o Vila homenageou atletas revelados pela equipe.

Dessa maneira, o volante conta com seu nome colocado em uma das portas. De acordo com a assessoria do clube, a intenção da diretoria da base é enaltecer a história da instituição e proporcionar inspiração nos atuais atletas amadores que residem nos alojamentos. Fernando está há 13 anos jogando na Europa.

Nome de Fernando Reges é eternizado no Vila Nova (Divulgação/Núbia Alves/Vila Nova FC)

Primeira experiência de Fernando na Europa: Portugal 

Em 2007, aos 20 anos, o volante foi negociado com o Porto, um dos clubes mais tradicionais do futebol português. Entretanto, logo foi emprestado com o extinto CF Estrela da Amadora, também de Portugal, por uma temporada. Posteriormente, retornou e vestiu a camisa dos Dragões por sete anos.

Por lá, conquistou 12 títulos: Supertaça de Portugal (2009, 2010, 2011 e 2012), Campeonato Português (2008/2009, 2010/2011, 2011/2012 e 2012/2013), Liga Europa (2010/2011) e, por fim, Taça de Portugal (2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011). No país luso, ganhou o apelido de Polvo por conta dos “tentáculos”. Além de passadas largas, o volante também conseguia roubar a bola do adversário com facilidade. 

“Cheguei a Portugal muito novo, aprendi muitas coisas ali. O Porto me deu oportunidade, ganhei títulos, fiz uma história lá. Posso ir a Portugal e receber carinho e respeito das pessoas, dos clubes. Pude deixar a minha marca. Sempre vou ter o carinho e acompanhar o Porto e torcer para ir bem. Mas é a minha vida profissional que segue e o clube fica no coração”, disse Fernando em entrevista ao Lance!, em 2014, após se transferir para a Inglaterra.

Continuando a história na Europa

Assim, depois de fazer história em solo português, foi negociado, em junho de 2014, com o Manchester City, da Inglaterra. Pelo City, fez 58 jogos, marcou quatro gols e venceu a Copa da Liga Inglesa, em 2015/2016. Entretanto, pouco usado por Pep Guardiola, rumou para a Turquia.

Experiente, chegou ao Galatasaray com 77 jogos disputados na Champions League até então. Querido pela torcida, venceu duas vezes o Campeonato Turco (2017/2018 e 2018/2019) e uma Copa da Turquia (2018/2019). Depois de duas temporadas em Istambul, foi vendido para o Sevilla, seu atual clube, em julho de 2019.

https://twitter.com/galatasaraysk/status/1149695374157910019?s=21

Com moral, Fernando é um dos jogadores mais usados pelo treinador Julen Lopetegui na equipe. O volante tem contrato até junho de 2022 com os espanhóis. Nesta temporada, participou de 38 jogos, fazendo três gols e dando outras três assistências.

Recentemente, com o fim de LaLiga, os Rojiblancos conseguiram vaga na Champions League ao vencer o Valencia por 1 x 0 na última rodada e, dessa maneira, ficar na 4ª colocação, com 70 pontos. Além disso, a equipe ficou 14 rodadas seguidas do Espanhol sem perder. Por fim, fica aqui nossa homenagem ao Polvo pelos 33 anos de vida. Além disso, que ainda possamos vê-lo atuar em terras brasileiras e, se não for pedir muito, vestindo uma certa camisa colorada. 

Foto destaque: Reprodução/José Manuel Vidal/EFE

Danyela Freitas
Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).

Artigos Relacionados