Papu Gómez

Alejandro “Papu” Gómez é uma das principais figuras da Atalanta, equipe sensação do futebol italiano e europeu. No entanto, a linda história que o argentino vem ajudando a escrever desde que, em meados de 2014, desembarcou em Bérgamo, poderia ter tido seu último capítulo em 2019.

Isso porque, naquele ano, o então secretário desportivo do Boca Juniors e ex-companheiro de equipe de Papu, Aníbal Metellán, o convidou para jogar na equipe Xeneize.

“Isso ninguém sabe: No ano passado, Aníbal Metellán me ligou para me levar para o Boca. O time (Atalanta) estava lutando para entrar na Champions. Faz quatro ou cinco anos que a Atalanta está lutando nos primeiros lugares”, revelou Gómez no podcast Libres de humo, que compartilha com Martín Reich.

Esta conversa ocorreu quando outro personagem com quem Papu também já havia trabalhado era o técnico do Boca: Gustavo Alfaro.

“Estava Alfaro, que me treinou no Arsenal, e estavam Nicolás Burdisso e Matellán. Tenho uma boa relação com Aníbal. Eles me ligaram para ver se eu me interessava. Minha resposta foi que estava bem aqui, que não era hora que voltar à Argentina”, contou Papu.

Aliás, Alfaro treinou tanto Papu como Metellán no período em que esteve à frente do Arsenal de Sarandí, entre 2006 e 2008. Assim, em 2007, todos sagraram-se campeões da Copa Sul-Americana, após o Arse superar o América do México na final.

Revelado pelo Arsenal de Sarandí, Papu Gómez ainda atuou pelo San Lorenzo no futebol argentino. Além da Atalanta,  no continente europeu, defendeu o também italiano Catânia e o Metalist, da Ucrânia.

Imagem destacada: Reprodução/FNV

Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados