Palmeiras tenta contratação de Ariel Holan, da Universidad Católica

- As conversas foram boicotadas pela diretoria chilena, que não queria perder seu treinador no meio da temporada
Ariel Holan nega palmeiras

O azar extracampo do Palmeiras continua após os paulistas ouvirem um “não” de Ariel Holan. Nestes últimos dias, o clube entrou em contato com o técnico do Universidad Católica. Entretanto, o time chileno negou a liberação de seu comandante e encerrou as negociações com o Verdão. Assim, o Alviverde se vê em uma situação complicada, com competições importantes chegando perto de um momento crítico, mas sem treinador.

O “NÃO” DA UNIVERSIDAD CATÓLICA AO PALMEIRAS

Em suma, o clube não quer abrir mão de seu treinador no meio das competições. A situação sequer pautou as conversas entre os membros do clube. O “não” foi prontamente dado ao Palmeiras. Atualmente, a Universidad Católica lidera o campeonato nacional, além de estar na disputa da Copa Sul-Americana, após sair da Libertadores.

O time chileno nem mesmo se interessa na oportunidade do Verdão pagar a multa presente no contrato de Ariel. Para o clube, é muito mais uma questão técnica, de manter a estabilidade. Dessa forma, apesar de demonstrar vontade de ouvir a diretoria paulista, Holan mantém respeito pela decisão da sua atual equipe.

A SITUAÇÃO DO PALMEIRAS SEM ARIEL HOLAN

Ariel Holan é apenas mais um técnico empregado que o Palmeiras não consegue contratar. Além do já conhecido caso de Miguel Angel Ramírez, o Verdão tentou tirar do Racing o argentino Sebastian Beccacece, de acordo com o jornal Clarín. Porém, todos optaram em ficar em seus clubes para encerrar os trabalhos já iniciados.

Dessa forma, o Palmeiras corre para conseguir um comandante nessa temporada. Assim, o clube mantém contato com outro argentino, Gabriel Heinze, que foi o primeiro a ser procurado. Desse modo, a diretoria já passou o projeto do clube e conversa sobre a disponibilidade do ex-jogador assumir a equipe. Porém, é considerado uma pessoa difícil nas negociações.

A possibilidade de contratar um técnico brasileiro ainda não está descartada, porém é está em segundo plano. Assim, o foco do clube são comandantes estrangeiros. E diferente do que aconteceu com Ramírez, o Palmeiras vai abrir seus horizontes e conversar com vários ao mesmo tempo, ao invés de focar toda sua atenção em um.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images

BetWarrior


Poliesportiva


Henrique Cesar
Henrique Cesar
Escolhi o jornalismo pois sempre fui apaixonado por escrever, escrevo desde pequeno, sempre tive o sonho de contra as histórias das pessoas, e o jornalismo me trouxe essa oportunidade. Já trabalhei na área três vezes. Fui redator em um site da minha faculdade, fui produtor, roteirista e editor de um canal de Youtube sobre basquete e já fui redator de redes sociais em uma agência publicitária. Meus objetivos são poder estudar mais, trabalhar mais com jornalismo, contar mais histórias, sonho em um dia fazer documentários jornalísticos. Minha personalidade... sou muito curioso com tudo, sempre quero saber das coisas, se eu gosto então, eu procuro ao máximo saber tudo, gosto demais de escrever, sou meio introvertido mas me solto com o tempo.

    Artigos Relacionados

    Topo