Em sua reta final, a série C mantém a matemática alerta para a classificação e rebaixamento. Quem tiver fôlego para as decisões finais, deve colocar para funcionar, pois o momento é esse. Após a 15° rodada, tanto o grupo A como o B seguem com vagas abertas e bem disputadas. Os confrontos diretos são decisivos e irão definir os classificados.

No grupo B, o quinto colocado Juventude, nessa rodada, teve a oportunidade de entrar na zona de classificação no confronto contra o vice Botafogo. Jogando em casa, os gaúchos não aproveitaram e apenas empataram sem gols com a boa equipe de Ribeirão. Aliás, a Pantera da Mogiana está com sua classificação muito bem encaminhada e tem na próxima rodada, o líder Guarani.

O time de Campinas, venceu mais uma em casa. Dessa vez a vítima foi a Portuguesa, que briga pá não cair. O resultado deixa a Lusa no Z-2, dependendo de seus resultados e do rival na briga, o Macaé. Já para os bugrinos, o 1 a 0 sacramenta a boa campanha, restando um ponto para garantir matematicamente a classificação.

Continuam na briga por uma das 4 vagas, além desses citados, Ypiranga, Boa Esporte e Tombense. O Mogi Mirim está com uma pontuação próxima, mas essa diferença é enorme pela briga acirrada entre as equipes.

No grupo A, o couro come solto e quem ganha é o torcedor. A liderança está igual a tocha olímpica, passando de mão em mão. Dessa vez o dono da liderança é o ABC, que venceu o então líder Remo. Bom resultado para o Mais Querido que andou tropeçando em algumas rodadas e agora na reta final volta muito bem na briga. O Remo com a derrota cai para quarto. Destaque também para o Fortaleza, que voltou ao G-4, agora em segundo.

Quem decepcionou diante de seu torcedor foi o Botafogo – PB. Jogando para ser líder e voltar ao primeiro lugar, perdeu para o América de Natal, por 2 a 1. Resultado o mantém entre os quatros, porém deixa um gosto amargo para os jogadores.

No extremo das tabelas, River Plate – PI  e Guaratinguetá, grupo A e B respectivamente, estão praticamente rebaixados. O time piauiense tem 12 pontos e o primeiro fora, o Salgueiro soma 17. Em 9 pontos a disputar, muito difícil conseguir sair do buraco. A situação é mais trágica para o time do Guara. Com apenas 4 pontos, a diferença de pontos para o Macaé, primeiro fora, é de 8 pontos, sendo 9 em disputa. Na próxima rodada os dois se enfrentam, podendo selar o rebaixamento do time do interior paulista.

Ainda com chances de salvação, no grupo A o Confiança tem uma diferença de um ponto para o Salgueiro e na última rodada se enfrentam. No B é a mesma briga, sem o confronto no final. Portuguesa com 11 e Macaé com 12, são os dois que lutam para disputar a série C de 2017.

Muita briga, emoção e definição no fim da competição bem democrática. Todos tiveram tempo para trabalhar e colocar o seu melhor em campo. Agora colhe os frutos, aqueles que fizeram o melhor em tudo desde o começo.

Luan Victor Brito
Luan Victor Brito
Sou Luan Victor de Brito, tenho 20 anos, sou nascido e criado em Osasco - SP. Sou fã de futebol desde criança. Acompanho o máximo que posso todo e qualquer campeonato de futebol do mundo. Sou torcedor alucinando da Portuguesa, querida Lusa. Atualmente estou cursando a Faculdade de Jornalismo e pretendo seguir a área de esportes, mas também gosto de política economia. Além do futebol, sou fã de rádio, transmissões de futebol pelo rádio me fascinam.

Artigos Relacionados