Opinião: Faz sentido o jovem não querer jogar futebol no Brasil

- Os mais novos encontram fora do país o respeito e a dignidade que não recebem por aqui
Futebol | Meninos da Vila

É notório que as promessas do Brasil deixam o país cada vez mais cedo, e isso faz sentido. Alguns aspectos administrativos dos clubes fazem com que as negociações sejam facilitadas, afinal, todos os times do G12 operam com deficit orçamentário. Porém, o fator financeiro é apenas uma das vertentes que enfraquecem, ano após ano, o esporte nacional.

O principal ponto são as categorias de base que, apesar de ainda serem nossa principal fonte de talento, têm inúmeros defeitos. No futebol feminino, por exemplo, o descaso histórico se tornou um problema estrutural. Os processos de desenvolvimento dessa classe só começaram em 1983, quando mulheres puderam jogar legalmente. Leia de novo.

Esse é um dos fatores que explica o abismo atual entre os dois gêneros nessa modalidade. Por isso, algumas medidas vêm sendo tomadas visando diminuir essa distância. Porém, certos obstáculos não se restringem a um único sexo.

No país do futebol…

Um caso emblemático foi descrito por Eder Traskini ao UOL, em janeiro de 2019. Na matéria, o setorista descreve a negligência do Santos com a administração do CT Meninos da Vila. O centro que ajudou a lapidar tantas joias se tornou um terreno com entulho, preservativos no gramado e invasões armadas.

Dessa forma, é compreensível o fascínio que os jovens sentem por ligas mais ricas e organizadas. O jornalista Bruno Formiga costuma colocar alguns meninos e meninas em uma área que ele define como “Geração PlayStation”. São pessoas que, segundo ele, cresceram ao redor de mais informações, dados e estatísticas sobre futebol.

Logo, a admiração e o reconhecimento pela superioridade europeia aumentam à medida que esses indivíduos percebem a inferioridade nacional. E esse cenário precisa ser mudado. Afinal, os garotos e garotas do futebol brasileiro não querem muito mais do que qualquer profissão exige para ser bem feita: respeito pelos seus trabalhos.

Foto destaque: Divulgação/ Meninos da Vila.

Tiago Souza

Sobre Tiago Souza

Tiago Souza já escreveu 57 posts nesse site..

Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

BetWarrior


Poliesportiva


Tiago Souza
Tiago Souza
Formado em jornalismo pela Universidade São Judas, atuei em diversas áreas de maneira colaborativa. Sou viciado em informação e, por isso, estudo todos os dias sobre futebol e videogames, tendo essas duas vertentes como pilares da minha personalidade. Apesar de levar esses temas muito a sério, tenho a plena noção de que, sem o amor e a descontração, nenhuma delas existiria de forma tão espetacular como são hoje.

    Artigos Relacionados

    Topo