Vai começar mais uma edição do Festival CINEFoot (Foto: Reprodução / CINEFoot)

Nesta quinta-feira (19), em edição extra, a coluna Futflix traz não apenas uma recomendação de filmes esportivos, mas, sim, de um festival cinematográfico. Isso porque, a partir desta sexta-feira (20), terá inicio a 11ª edição do Festival CINEFoot. Com exibições de longas e curtas-metragens em mostras competitivas e não competitivas, o evento é o único no Brasil, e pioneiro na América Latina, dedicado, exclusivamente, a filmes sobre futebol. Assim, o festival acontece de 20 à 27 de novembro, de forma online e gratuita através da plataforma INNSAEI.TV.

Leia mais:

Ao todo, 76 filmes fazem parte da programação, sendo um recorde de produções em uma única edição do evento. Assim, 59 obras são brasileiras, de todas as regiões do país. Ainda, 17 consagram produtores e diretores da Argentina, França, Itália, Peru, Colômbia, México, Uruguai. África do Sul, República Tcheca e Portugal. Além disso, haverá uma coprodução da Alemanha e Palestina.

Dessa forma, devido a pandemia da Covid-19, o evento será online e gratuito. Assim, serão em torno de 38 horas de conteúdo em 31 sessões durante os oito dias do evento. Além disso, as produções ficarão disponíveis por um período que varia de dois a seis dias, após a disponibilização na plataforma, de acordo com a mostra em que está envolvida.

No entanto, desde a 10ª edição, em 2019, o festival inseriu uma sessão dedicada as séries. Dessa forma, o evento lançará a série baiana Donas do Baba, que tem direção de Tais Bichara e Rodrigo Luna. Assim, a produção traz histórias e rotinas de mulheres que tem diferentes relações com o futebol.

Além disso, está prevista uma série de bate-papos em Mesa-Redonda com convidados especiais. As conversas terão o comando do Museu do Futebol, LEME/UERJ-Laboratório de Estudo em Mídia e Esporte, Ludopédio e Centro de Artes UFF-Universidade Federal Fluminense.

MOSTRAS E HOMENAGEADOS DO CINEFOOT

Além disso, ao todo, o Festival CINEFoot conta com 12 mostras especiais, não competitivas. Assim, em comemoração ao Tri no México, o evento apresenta a mostra 50 anos do Tri em Foco. Ainda tem 70 anos do Maracanã em Foco, Acessibilidade em Foco, ESPN em Foco, Geraldinos & Arquibaldos em Foco, Homenagem – 40 anos A.S. Roma em Foco. Completam a lista Homenagem – México em Foco, Mostra Dente-de-leite, Museu da Pelada em Foco, Museu do Futebol – Pelé 80 em Foco, Pernambuco em Foco e Série em Foco.

Entre os longas da mostra competitiva, está o documentário 50 anos do Tri, que abre as exibições neste sábado (21). Assim, o filme retrata os bastidores da conquista do Tri mundial na Copa de 1970, no México. Logo, traz seu contexto político e social em um Brasil mergulhado na ditadura militar e como a seleção de craques marcou a vida de milhares de pessoas.  Com roteiro de André Galindo e direção de Gustavo Maria, a obra traz depoimentos de figuras da sociedade brasileira e mexicana.

Logo, este ano, o CINEFoot homenageia o México, país-sede da Copa do Mundo de 1970, que completa 50 anos, e a República Tcheca, que comemora o centenária das relações diplomáticas com o Brasil. Além deles, a honraria Gol de Placa 2020 será entregue ao goleiro Moacir Barbosa e ao Negritude F.C.. Por fim, os filmes vencedores das mostras competitivas serão conhecidos no encerramento do evento, na sexta-feira (27), às 20h30 (horário de Brasília). Assim, eles serão eleitos por votação popular entre aqueles que se inscreveram no festival.

Foto Destaque: Reprodução / CINEFoot

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados