Omã x Vietnã

Nesta terça-feira (12), Omã recebeu o Vietnã em partida válida pela 4ª rodada da fase final das Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo de 2022. Desse modo, os donos da casa venceram de virada. A saber, Nguyen colocou os visitantes na frente, mas Al Sabhi, Al Khaldi e Al Yahyaei trataram de fazer o 3 x 1 figurar no placar ao apito final.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE OMÃ X VIETNÃ

1° TEMPO: PÊNALTI PERDIDO E UM GOL PARA CADA LADO

A etapa inicial mostrou certa superioridade de Omã no quesito de posse de bola. Contudo, o resultado ao final dos primeiros 45 minutos poderia ser de vitória, visto que, aos 15′, Al Khaldi desperdiçou uma cobrança de pênalti, mandando por cima da meta.

Depois de um tempo sem grandes lances, a partida voltou a ganhar emoção em sua reta final. Aos 39′, Nguyen aproveitou rebote de uma defesa de Al-Rushaidi e mandou para o fundo das redes. Entretanto, a alegria durou pouco, visto que antes do intervalo, Al Sabhi deixou tudo igual em uma bicicleta após indecisão da defesa vietnamita.

2° TEMPO: VIRADA DOS MANDANTES

O começo da metade final do jogo foi benéfico para Omã. Isso porque, a seleção da casa virou a partida em dois lances capitais. Primeiro, Al Khaldi se redimiu do pênalti perdido no 1° tempo com um gol olímpico. Pouco depois, uma nova penalidade foi marcada a favor dos mandantes. Dessa vez quem cobrou foi Al Yahyaei, que não desperdiçou. Por outro lado, o Vietnã só conseguiu levar perigo nos minutos finais, mas Nguyen parou na trave e, depois, o goleiro Al-Rushaidi fez milagre, fechando o placar em 3 x 1.

https://twitter.com/afcasiancup/status/1447984553612779523

OMÃ X VIETNÃ – E AGORA?

A princípio, a vitória foi benéfica para seleção de Omã, que chegou aos seis pontos e aparece no 3° lugar do Grupo B, indo para a repescagem. Enquanto isso, o Vietnã segue no último posto da chave, sem sequer somar pontos até aqui. Por fim, ambas equipes voltam a campo no dia 11 de novembro. Desse modo, os omanenses visitam a China, enquanto que os vietnamitas recebem o Japão.

Foto Destaque: Divulgação/AFC

Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Deixe um comentário