Flamengo encaminha venda de Berrío

De acordo com informações do portal ‘Esporte News Mundo‘, o atacante Orlando Berrío está próximo de deixar o Flamengo e ser anunciado como novo reforço do Olímpia, do Paraguai. Segundo a apuração do site, a negociação é dada como certo por ambas as partes. No entanto, a transferências só será oficializada após a assinatura de contrato do colombiano com o clube paraguaio. Logo, isso só deve ocorrer após a pandemia do Covid-19 (novo coronavírus).

FLAMENGO ENCAMINHA VENDA DE BERRÍO PARA O OLÍMPIA

O Flamengo e o Olímpia do Paraguai estão muito próximos de fechar a negociação envolvendo o atacante Orlando Berrío. O jogador tem convivido com constantes lesões desde que chegou ao Rubro-Negro. Dessa forma, os dirigentes do clube têm trabalhado para negociar o atleta. No início do ano, o Cruzeiro, Coritiba e  o Atlético Nacional da Colômbia sondaram o esportista. Entretanto, o colombiano prontamente recusou as propostas.

CONTRATO DE BERRÍO COM O CLUBE PARAGUAIO

Segundo apurações do ‘Esporte News Mundo', um representante do Olímpia irá apresentar ao jogador, nos próximos dias, uma minuta contratual. O clube paraguaio pretende oferecer um valor fixo de US$ 30 mil dólares (cerca de R$172 mil reais), além de cláusulas por produtividade, algo que pode dobrar o salário do jogador. O contrato oferecido à Orlando Berrío, portanto, será valido por três temporadas. O atacante tem 29 anos e pode atuar como lateral-direito.

CHEGADA AO FLAMENGO

Após semanas em negociações com o Atlético Nacional da Colômbia, o Flamengo anunciou oficialmente a contratação de Berrío em 27 de janeiro de 2017. O colombiano assinou contrato válido por quatro anos. No total, a transação custou R$11 milhões de reais aos cofres do Mengão. Entretanto, o jogador tem convivido com constantes lesões desde a sua chegada ao Brasil. Ao todo, foram 82 partidas oficiais com a camisa do Rubro-Negro carioca, marcando apenas sete gols.

Foto Destaque: Reprodução/ColunadoFlamengo

Matheus Aquino
Matheus Aquino, 19 anos, estudante de Jornalismo - 2° período na UFPB. A paixão pelo jornalismo surgiu desde pequeno. Aos 17 anos entrou para uma rádio comunitária com um programa chamado Na Marca do Pênalti, onde era apresentador. No ano seguinte, ingressou no principal site de seu município como colunista de esportes e repórter jornalístico. Em 2019, entra para uma outra rádio local, dessa vez, fazendo comentários todos os domingos sobre futebol. A facilidade na escrita e a intimidade com o microfone e as câmeras tornaram o jornalismo ainda mais a sua paixão.

Artigos Relacionados