Olho nele! Conheça João Vitor, atleta promissor do Esquadrão

Para parte do torcedor tricolor, um dos motivos da queda para Série B foi não ter subido tantos garotos da base assim. Dessa forma, nessa temporada, já estamos vivenciando jogadores que poderiam ganhar espaço no time de cima.

Na atual Copinha, estamos vendo muitos garotos bastante promissores que gradativamente podem ser lapidados e trazer muitas alegrias ao Esquadrão de Aço. Desse modo, quem não está jogando a Copa São Paulo, mas vai jogar o Campeonato Baiano é João Vitor que atua como atacante.

Conheça João Vitor

João Vitor Cezar do Prado é natural de Santa Catarina, nasceu em 14 de Março de 2003 (18 anos). Portanto, o jovem atleta antes de se transferir para o Bahia estava atuando no Juventus-SC, em 2019. Apesar da pouca idade, chegou a jogar no profissional da equipe catarinense, entretanto, na sua estreia foi derrotado pelo Figueirense por 2 x 1.

Ademais, a partida era válida pelo Catarinense. Assim sendo, em 15 de outubro de 2020, chegou no Bahêa inicialmente para compor o elenco sub-17.

Porém, as suas boas atuações fizeram com que ele subisse para o sub-20. Ao longo de sua promissora carreira, soma 38 partidas com quatro gols e três assistências. Além disso, em seu começo no futebol, João Vitor atuava como meia. Mas parece que no Tricolor da Boa Terra será diferente.

Entre os títulos, conquistou o Baianão sub-20. Além do mais, talvez ele jogue a competição com o time de transição que terá jogadores mais experientes. Por fim, seu inicio vai ser no próximo sábado (15) contra o Bahia de Feira, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.

Sobretudo, no estadual, a equipe busca o seu 50º título. Sob os olhos de Guto Ferreira, a estreia acontece contra o mesmo time que o eliminou temporada passada. Nesse contexto, o Tremendão busca repetir o feito de 2021, quando foi vice perdendo para o Atlético de Alagoinhas. Em suma, a estreia está marcada para as 16h (horário de Brasília), há expectativa de que João Vitor jogue a partida.

Foto destaque: Divulgação/EC Bahia

Caio Santos