Nacional x América de Cali pelo Torneio Gigantes de América 2019

Como de costume, em toda pré-temporada são feitas partidas de cunho amistoso para preparar e dar ritmo aos atletas. Desse modo os treinadores e comissão podem testar novas peças. No calendário uruguaio não é exceção, assim Nacional e Peñarol estiveram entre os  dias 4 e 6 de julho nos Estados Unidos disputando a Copa Gigantes de América. De maneira idêntica, Millonarios e América de Cali, ambos colombianos, também participaram. Nesse tipo de torneio, sagrar-se campeão nem sempre é o mais importante. Contudo quando arquirrivais se enfrentam, todos duelos parecem ser o último. Ou o primeiro. No caso o clássico foi disputado pela primeira vez na terra do Tio Sam.

https://twitter.com/Nacional/status/1145780683043946498

A competição era formada por quatro equipes em partida únicas no estádio FAU em Boca Ratón (Flórida). Los Bolsos debutaram diante do América, empataram em 1 x 1 no tempo normal, e superaram nas penalidades os Diablos. Posteriormente o segundo e último jogo foi contra seu maior rival, Peñarol. Mesmo se tratando de um amistoso ninguém queria perder. Los Carboneros levaram a melhor, ganharam por 2 x 1. Além disso, ambos tiveram a chance de testar jogadores recém-chegados, assim se preparando para o Intermedio.

VAIVÉM

ALTAS: Inegavelmente a maior aquisição da equipe foi o arquero uruguaio de 26 anos Sergio Rochet. Revelado pelo Danubio, defendia as cores do Sivasspor-TUR há uma temporada e chegou a custo zero. Hugo Magallanes, também do Uruguai, possui 21 anos e estava no Cerro Largo e já jogou no Brasil, pelo VozãoCeará. Entretanto, Magallanes não começou bem sua passagem pelo Nacional, a alguns dias atrás nos Estados Unidos, o zagueirão marcou seu primeiro gol, mas contra. Por fim, Diego Polenta, atualmente no Los Angeles Galaxy-EUA  pode retornar, porém ainda são apenas rumores.

BAIXAS: A atual janela trouxe mais perdas do que ganhos para Los Albos. Primeiramente Esteban Conde, veterano arqueiro de 36 anos e que jogava há cinco temporadas no Nacional, partiu rumo ao Banfield-ARG, em seguida Marcos Angeleri e Hugo Silveira decidiram por rescindir seus contratos, mas ainda não possuem equipe. Octavio Rivero pertence ao Atlas-MEX e estava emprestado junto ao time uruguaio, contudo retornou ao México para fechar negócio com o Santos Laguna.

https://twitter.com/Nacional/status/1141461685523365891

Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

Artigos Relacionados