O sedutor mercado Chinês

O novo e sedutor mercado da bola chinês veio pra ficar. Estão levando nossos craques com rios e rios de dinheiro que, os clubes brasileiros não conseguem segurá-los, com a crise financeira então piorou.

Os chineses já levaram do Brasil os atacantes Marcelo Moreno, Hérnan Barcos, Diego Tardelli, Elkeson, Luís Fabiano, Robinho, e Aloísio, os meias Ricardo Goulart, Jadson, Dario Conca, Renê Júnior e os técnicos Luiz Felipe Scolari e Vanderlei Luxemburgo. Sem contar outros que foram pra lá de outros países como Jucilei e Paulinho, e quem já voltou como Vagner Love.

Com o encerramento do campeonato no Brasil, a janela de transferências se abrem e os clubes começam a observar o país do futebol.

Corinthians campeão brasileiro é o time que mais deve perder craques. Jadson, que para muitos foi o melhor meia do Brasileirão 2015, já foi pra China, para o azar do técnico corintiano Tite. Mas as notícias ruins para o técnico e o torcedor não terminam por aí, Elias, segundo volante da seleção, elemento surpresa de infiltração na defesa adversária, está de malas prontas para o sedutor mercado chinês.

O Corinthians aceitou a proposta do time Hebei China Fortune é de 10 milhões de Euros (cerca de 40 milhões de reais).

O jogador de 30 anos só fica no Parque São Jorge se recusar a proposta salarial milionária de R$ 1,5 milhões mensais.

O Timão detém 50% dos direitos do atleta, a outra metade é do Sporting-POR, que é à favor da venda, mas não interferiu na negociação.

A negociação pode render cerca de R$ 2 milhões ao arquirrival Palmeiras, clube que revelou o atleta.

A bomba está na mão do volante corintiano. E você torcedor alvinegro, quer que o volante permaneça para a disputa da Libertadores 2016 ou prefere que entre dinheiro para pagar as dívidas e investir em outros jogadores, quem sabe um moleque do terrão? Dê sua opinião nos comentários abaixo.

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados

Comments are closed.

Topo