Mbappé na capa do FIFA 22

Estamos na pré-temporada do futebol brasileiro e nas redes sociais, nas mesas redondas e nos bares não se fala de outra coisa a não ser de contratação de jogadores. Cada vez mais reflexo dos millenials, parece que o mundo inteiro vive no frenesi de boatos, rumores e “bombas” do vai e vem da bola. Entretanto, acredito que isso não seja um movimento orgânico ao futebol, mas oriundo dos videogames. Quem joga o Modo Carreira do FIFA, aguarda ansiosamente pela janela de transferências, quando você pode fortalecer ainda mais seu esquadrão.

Lá você pode juntar Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar no mesmo time. Pode ter um time inteiro de jogadores com overall acima de 90.Consequentemente, essa realidade paralela tem feito muitos torcedores achar que seus times podem brincar de FIFA e contratar todos os bons jogadores do mundo.

Outrossim, esses modinhas parecem ser mais torcedores de contratação que do próprio clube. Acham que sempre há dinheiro disponível. Fosse assim, já teríamos repatriado Phillipe Coutinho. Outro clube já teria contratado Lukaku após a briga do belga com o treinador.

A vida real não é FIFA

Então, voltaríamos para os anos 70, quando o nosso campeonato era o mais forte do mundo. Claro que tal pretensão é totalmente descolada da realidade.

Não há limites para quem vive na nuvens. Para esses abobados, qualquer salário pode ser pago, quaisquer atletas podem jogar juntos e qualquer dirigente é incompetente se abrir mão de uma contratação diante de valores altos.

Ainda há quem pregue a desordem financeira em nome da possibilidade de montar um time estrelado.

Finalmente, esses torcedores não se comemoram títulos, não se contentam com modelos bem-sucedidos de gestão, só lhes interessa as bombas, os camarões e os reforços.

Tenho ranço de torcedores assim e para todos esses meu recado é: Vai jogar teu FIFA!

Foto Destaque: EA Sports/Divulgação

Paulo Henrique Araújo
Apaixonado por futebol desde antes do que possa lembrar. Comentarista esportivo por amor e constante aprendiz do maior esporte do mundo.