O Barcelona está perdendo seu DNA

O Barcelona voltou a tropeçar na LaLiga, desta vez, contra a Real Sociedad. E os espanhóis voltam a cobrar Ernesto Valverde, que segue sem agradar os torcedores no comando do clube catalão. Nesta temporada já foram 22 jogos, onde a equipe saiu de campo com o resultado negativo em seis partidas. Mas, de qualquer forma, na Espanha já afirmam que este Barcelona está perdendo o DNA implantado por Guardiola.

No empate em 2 x 2 entre Barcelona e Real Sociedad, no Anoeta, os atuais campeões da LaLiga, pasmen, ficaram com apenas 46,58% de posse de bola. Sendo assim, este foi o 9º jogo dos 141 de Valverde à frente do clube que a equipe ficou com menos de 50% de posse de bola numa partida. Algo que para os espanhóis não é comum desde a década passada.

Seus antecessores não perderam tantas vezes o controle da bola. Luis Enrique, nos primeiros 181 jogos como técnico do Barça, cedeu apenas em seis partidas. Sem contar Pep Guardiola, o responsável por este legado de controlar o jogo, em 247 duelos, viu sua equipe ficar com menos de 50% da posse em apenas um jogo. Numa partida contra o Getafe, em 6 de fevereiro de 2010, mas os cúles saíram de campo com a vitória, por 2 x 1, com gols de Messi e Xavi.

Com este empate na última rodada, o Barça permanece na 1ª posição provisoriamente com 35 pontos. Enquanto o Real Madrid, entra em campo mais tarde neste domingo (15), contra o Valência, podendo ir a 37 pontos. E já nesta quarta-feira (18), teremos mais um El Clássico, entre Barcelona e Real Madrid, no Camp Nou, às 16h (horário de Brasília).

Foto em destaque: Reprodução site ‘Marca'

Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados