Novato jogador do São Paulo, se forma em administração no fim do ano

O futebol é o principal esporte do país, sendo assim é o sonho de muitos garotos, se tornar um grande jogador. Só que o garoto Felipe Araruna do São Paulo tem uma peculiaridade bem incomum para os dias atuais.   Felipe Araruna Hoffmann, tem 21 anos recém-completados, foi promovido no fim do ano para o time profissional, a pedido de Rogério Ceni.

O jogador é um dos queridinhos do treinador, que o vê como um grande potencial para o futuro. Tanto que além de suas boas atuações, o jogador já negocia uma renovação contratual, com um reajuste salarial, na realidade do futebol profissional.

O caminho de Araruna, parece ser o de se tornar um jogador de futebol de sucesso. São 11 jogos na temporada, sendo 3 como titular, e com a lesão de Bruno no jogo de ontem e Buffarini na seleção argentina, o volante deve ser titular na lateral-direita contra o Corinthians no domingo.

Quando se vê tudo isso, é para pensar que o jovem volante são-paulino será um jogador de futebol, porém como nunca se sabe o dia de amanhã, o Araruna, parece ter se preocupado com seu futuro. O jogador cursa o último ano da faculdade de administração, na FAAP de São Paulo, e já disse que vai terminar a graduação.

Vale lembrar também que a realidade do jogador é diferente da maioria dos jogadores de futebol do Brasil e diferente da realidade de muitas pessoas no país. Araruna é gaúcho de Porto Alegre, foi criado em Brasília, mas joga na base do São Paulo, desde os 13 anos. Porém o garoto vem de família de classe média, e sempre estudou em boas escolas e para se precaver, resolveu cursar uma faculdade paralelamente ao futebol, pois, é importante destacar a menor dos jogadores se tornam profissionais bem sucedidos e bem remunerados, então é muito importante que os garotos da base tenham uma profissão para poder seguir se não derem certo no futebol.

BetWarrior


Poliesportiva


Victor Vasques
Victor Vasques
Sou Victor Vasques, sou apaixonado por esportes, em especial futebol, porém aprecio muito NBA, Fórmula 1 e Tênis. Meus ídolos no esporte são Rogério Ceni, Lugano, Roger Federer, Robben, Cristiano Ronaldo e Ayrton Senna. Adoro falar sobre futebol e principalmente o mercado da bola. Gosto muito de falar sobre os times do interior de São Paulo. Libertadores é minha paixão. Quero mostrar neste espaço, todo o futebol que corre nas minhas veias.

    Artigos Relacionados

    Topo