Novas regras do Brexit acabam com possibilidade de negócio entre Wolverhampton em Hulk (Foto: Reprodução/Getty Images)

Dado como empecilho para as negociações entre Wolverhampton e Hulk, o salário não se tornou o fator que fez a equipe desistir de sua contratação. Contudo, as novas leis presentes na saída do Reino Unido da União Europeia assumiram esse papel. De acordo com o jornal “The Athletic”, as imposições do Brexit para chegada de jogadores estrangeiros “melaram” o negócio.

O nome de Hulk passou a circular nos arredores do Molineux Stadium após a lesão sofrida por Raúl Jiménez, em partida diante do Arsenal. Assim, sem seu principal atacante, o Wolverhampton deve ir ao mercado para buscar reforços baratos. Sem contrato de renovação com o Shangai SIPG, da China, o brasileiro se tornou o primeiro alvo, já que teria que acertar apenas as bases salariais.

Entretanto, com as novas leis de contratação entrando em vigor no dia 1° de janeiro, a negociação deve ser frustrada. O principal motivo é a força da liga da qual Hulk está se transferindo. Além disso, a idade do atleta e o tempo longe da seleção nacional vão contra as novas diretrizes.

Além do período na China, Hulk acumulou quatro temporadas no Porto, de Portugal, bem como um período no Zenit, da Rússia. Recentemente, o brasileiro declarou que tem recebido propostas de diversas partes do mundo.

“Estou ouvindo muitas propostas do Brasil e de muitos lugares, inclusive da Europa. Tenho ofertas da Turquia, Portugal, Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e também tenho uma oferta da China. A cada dia chegam mais propostas”, declarou.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Artigos Relacionados