Nonato

A Copa Libertadores da América voltou após seis meses de paralisação devido à nova pandemia do coronavírus. Em jogo emocionante na noite desta quarta-feira (16), o Internacional entrou em campo contra o América de Cali pela terceira rodada do Grupo E da competição.

Em um jogo movimentado, a equipe gaúcha foi a que dominou a partida. Entretanto, o jovem Nonato foi uma das principais peças do Colorado. Contudo, o meio-campista Gustavo Nonato fez sua estreia na Libertadores de 2020. O jogador teve bom desempenho e ajudou seus companheiros na vitória sobre o América de Cáli por 4×3, no Beira-Rio. Dessa forma, está a segunda temporada de Nonato no Inter. Entretanto, nesta temporada, o jovem já  disputou a Sul-Americana. Além disso, o jovem foi destaque contra o River Plate, no Monumental de Núñez. Ao passo que, o atleta atuou em cinco partidas com quatro vitórias e um empate no ano passado.

Trabalho diariamente e a disputa por vaga na equipe é sempre sadia. Sou jovem e aproveito a experiência dos jogadores que o Inter tem para o meio-campo. Tenho o objetivo de sempre ajudar o clube e quero dar meu melhor em todas as oportunidades que o professor me der. Não importa quanto tempo estarei em campo, jogo dando meu melhor em busca dos objetivos da equipe.” afirma Nonato. 

Estatísticas do jogador

Na retomada da Libertadores, o jogador é titular do técnico Coudet.  De acordo com o Sofascore, o camisa 33 atuou 65 minutos da partida e apresentou bom desempenho em passes e desarmes. Foram 95% dos seus passes certos e 100% de efetividade nos três desarmes realizados na partida. Nesta temporada, o meia é um dos nomes para a segunda função do meio campo e busca um espaço na equipe gaúcha. De tal forma que também foi destaque contra o São José marcando dois gols. Aliás, ele mostrou boa movimentação, criação de oportunidades de gol além de duas bolas na rede.

Embora, em sua segunda temporada no Internacional, Nonato  disputa sua segunda Copa Libertadores e fez seu primeiro jogo na competição nesse ano. Com a camisa colorada são 57 partidas e 5 gols marcados.

Foto Destaque: SC Internacional

Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Artigos Relacionados