Nonato comemora bom momento no Fluminense

O volante Nonato concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (21), no CT Carlos Castilho. A saber, o jogador foi titular na vitória do Fluminense sobre o Avaí, no último domingo (19), pelo Campeonato Brasileiro. Assim, o jogador afirmou que está buscando seu espaço.

Todo jogador quer estar atuando, quer jogar. Estou buscando meu espaço, no dia a dia, mostrando meu valor. Tive essa oportunidade, fiquei muito feliz. Tentei aproveitar da melhor maneira. A vitória foi boa para consolidar essa atuação, não só minha, mas da equipe inteira. Nossa equipe está em uma crescente. Claro que vamos ter oscilações, mas é diminuir para termos a consistência que o Diniz quer” disse Nonato.

Nonato também falou sobre a relação com o técnico, Fernando Diniz. Assim, o volante afirmou que o treinador o dá a liberdade de chegar ao ataque, que é uma de suas características. Mas também reforçou que atua de acordo com o esquema do comandante.

Todo mundo sabe que o time sai com qualidade. E quem está nessa função tem que sair com essa qualidade, independente de quem seja, pois temos jogadores com qualidade. Ele dá liberdade para ir ao ataque, mas pede a recomposição também“.

Emprestado pelo Internacional, Nonato garante foco total no Fluminense

A saber, Nonato pertence ao Internacional. Dessa maneira, está no Fluminense por empréstimo, que vai até o final do ano. Assim, o volante afirmou que ainda não pensa no futuro. Bem como contou que foi muito recebido no Tricolor.

Sobre a minha permanência no Fluminense, ainda faltam alguns meses. Estou feliz aqui. Eu fui muito bem acolhido desde a minha chegada. Vou completar no final do mês que vem um ano. Só tenho palavras para agradecer. Claro que faltam alguns meses para a definição, uma definição que não depende de mim, é muito maior do que só a minha vontade. Mas o que posso afirmar é que estou feliz aqui e com a cabeça muito focada no Fluminense” encerrou Nonato.

Foto destaque: Marcelo Gonçalves / Fluminense FC

Jéssica Albuquerque
Formada em Letras, pela UFRJ, e em Jornalismo, pela FACHA. Amo ler, escrever e futebol. No jornalismo esportivo pude unir os três.

Deixe um comentário