Brasileirão

Nesta quarta-feira (6), o Avaí recebeu o Santos na Ressacada e perdeu. O jogo foi válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Peixe segue na terceira posição da competição com 61 pontos e segue na cola do vice-líder Palmeiras. Já o Avaí continua na última posição do Brasileirão e sabe que a Série B 2020 é realidade.

Campeonato Brasileiro – 31ª rodada

Avaí 2 x 2 Santos

1° TEMPO

Certamente, o time santista desempenhou um futebol digno de Jorge Sampaoli. Com velocidade e muita troca de passes, o time chegou ao primeiro gol cedo. Aos oito minutos, Sasha finalizou após jogada ensaida com Marinho e Sanches no escanteio. Aliás, o meia uruguaio repetiu o desempenho do último jogo e fez uma boa partida. Além disso, o segundo gol foi marcado por Marinho, aos 23 minutos. O atacante recebeu a bola no ataque, limpou a marcação e chutou para ampliar a vantagem. Mas, o time santista diminui o ritmo e viu o adversário crescer na partida e diminuir o placar. Aos 34′, João Paulo aproveita rebote após cruzamento e bate bonito para marcar o primeiro do time da casa no jogo no Brasileirão.

2° TEMPO

No segundo tempo, o jogo ficou mais faltoso. Porque ambas as equipes estavam tensas na partida, procurando o gol de empate ou o gol do selamento da vitória. Então, isso resultou numa expulsão, justa, do zagueiro Gustavo Henrique aos 16 minutos de jogo. O zagueiro impediu a progressão do atacante Jonathan, que estava indo de cara ao goleiro Everson. Sem muitas oportunidades de gol, o jogo ficou chato. Gegê perdeu o gol de empate, aos 26 minutos, após furar o chute sem marcação. A segunda expulsão do jogo foi aos 39 minutos, desta vez, Léo fez falta em Marinho e recebeu seu segundo amarelo. Portanto, final de partida 2 x 1 para o Santos.

Melhores momentos

Foto destaque: Reprodução/Santos 

Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte. A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados