No Brasileirão, Atlético empata no final com Fortaleza

- Gol de Fábio Santos foi aos 42 minutos do segundo tempo
Brasileirão

Neste sábado (2), o Atlético Mineiro foi até a Arena Fonte Nova encarar o Fortaleza, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Aliás, o jogo terminou com muita reclamação de Rogério Ceni porque o juiz Rodolfo Toski Marques na origem da jogada do gol de Fábio Santos. Com o empate, ambas as equipes mantêm suas posições na tabela do Brasileirão.

Brasileirão – 30ª rodada

Fortaleza 2 x 2 Atlético Mineiro

1° TEMPO

O jogo começou movimentado. Com muita velocidade no ataque com Osvaldo, o time da casa conseguiu pressionar o adversário. Já o Atlético respondia com finalizações de fora da área. Primeiramente, aos 14 minutos, Osvaldo cobrou escanteio para finalização de cabeça de Gabriel Dias. 1 x 0 Fortaleza. O galo respondeu rapidamente, com Patrick. Aos 23 minutos, o lateral acertou um chute forte na saída errada do goleiro Felipe Alves e empatou a partida. Além disso, o arqueiro não estava inspirado na partida, errou outros lances na saída de bola. O segundo gol do Fortaleza também foi de Gabriel Dias, aos 27 minutos.

2° TEMPO

Certamente o primeiro tempo foi melhor que o segundo. Afinal, os times se preocuparam mais em fazer faltas do quem em jogar bola. Foram sete amarelos aplicados e 17 faltas marcadas só na segunda etapa. O Atlético buscou mais o empate do que o Fortaleza o gol da vitória. Por isso, foram os mineiros que saíram comemorando no final da partida. Aos 41 minutos, Marquinhos fez linda jogada e lançou Fábio Santos, o lateral apenas chutou para empatar a partida no final do jogo.

https://twitter.com/Atletico/status/1190751080386383872?s=20

Melhores momentos

Foto destaque: Reprodução/Atletico

Giovanna Matiello

Sobre Giovanna Matiello

Giovanna Matiello já escreveu 210 posts nesse site..

Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte. A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.

BetWarrior


Poliesportiva


Giovanna Matiello
Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte. A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

    Artigos Relacionados

    Topo