No apagar das luzes, Liverpool vence Danubio de virada

- Jogando fora de casa, os Negriazules surpreenderam os mandantes com dois gols no soar do apito do juiz
No apagar das luzes, Liverpool vence Danubio de virada

Jogando fora de casa, no Jardines del Hipódromo, o Liverpool venceu o Danubio, de virada, pelo placar de 2 x 1, com direito a empate aos 45′ do 2º tempo e virada nos acréscimos. O duelo aconteceu no sábado (16) e foi válido pela 12ª rodada do Clausura Uruguaio 2019.

1º tempo

O embate começou favorável à visita que, fiel ao seu estilo, rodou a bola coletivamente para encontrar a melhor forma de abrir o marcador. Mas as duas primeiras oportunidades foram após erros da zaga rival. Primeiro com um tiro de Federico Martínez que Sebastian Cristóforo defendeu. Mais tarde, foi a vez de Juan Ignacio Ramírez. O atacante limpou o goleiro e quando chutou, Ernesto Goñi apareceu para tirar a bola em cima da linha. A partir de então os mandantes melhoraram. Assim, o Danubio foi mais incisivo, principalmente quando Facundo Labandeira foi lançado pela ala direita. Primeiro alertou o rival com um chute, depois colocando um cruzamento para a área que Martiñones finalizou, e no rebote Matías Jones inflou as redes. Os comandados de Pezzolano tentaram reagir a partir daí até o final da etapa, mas pouco fizeram.

2º tempo

No complemento, foram os atacantes que tiveram as chances mais claras. E os mandantes foram para cima. Labandeira cruzou e Mederos não conseguiu definir com qualidade. Este último foi quem habilitou Jones que, com um chute, poderia colocar o segundo, mas a bola passou longe e mais tarde Maxi Rodriguez não conseguiu superar a resistência de Ustari, que salvou o Liverpool. Ainda vivo e com muita força, o visitante se jogou com tudo para o empate, principalmente através de Federico Martínez, seu jogador mais incisivo. Uma falta sobre Ghan que o árbitro Andrés Cunha marcou pênalti deu ao Danubio a chance de selar a partida. Porém, Martiñones, encarregado de cobrar, chutou para fora para que a emoção seguisse na partida. O time de Belvedere não parou de tentar com seu estilo de jogo e a insistência deu certo. Após uma grande jogada coletiva, “Colo” Ramirez igualou tudo aos 45′. Pouco mais de um minuto depois se tornou um pesadelo local, já que Mathías Acuña recebeu e acabou beijando as redes do arco Cristóforo para virar o marcador e levar os três pontos para casa.

E agora?

Com a vitória o Liverpool fica em 6º lugar do Clausura com 18 pontos, enquanto o Danubio está em 13º com 10 tentos. Por outro lado, na tabela anual, os Negriazules estão em 5º, em zona de classificação para a Sul-Americana de 2020, mas a três pontos do Progreso, em zona de classificação para a Libertadores. Já os De La Curva estão em 12º lugar e a seis pontos do G8, que garante vaga na Sul-Americana. Na próxima rodada o Danubio visita o Wanderers na quinta-feira (21), às 19h (horário de Brasília), enquanto o Liverpool recebe, na sexta-feira (22), às 16h30 (horário de Brasília), o Plaza Colonia.

Foto destaque: Reprodução/Campeonato Uruguayo

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1232 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo