Nico López marca, e Tigres fica no empate com Juárez

Neste sábado (24), Tigres e Juárez empataram por 1 x 1, em jogo da 15ª rodada do Apertura Mexicano 2020. A partida foi no Estádio Universitario da UANL. Assim, os anfitriões perderam a chance de chegar à sexta vitória seguida, tropeçando em um time da parte inferior da tabela. Mesmo que Nico López, ex-Internacional, tenha aberto o placar, os visitantes empataram com Darío Lezcano, e arrancaram um ponto.

1º TEMPO

A partida começou morna, até que os donos da casa perderam uma chance incrível com Jesús Dueñas, após linda troca de passes. Logo após, seguiram agredindo, mas os visitantes não abriram mão de finalizar. Mesmo assim, nenhuma chance clara apareceu, até os 43 minutos, quando “El Diente” López chutou uma bola afastada pela zaga e mandou no travessão. Assim, os times foram para os vestiários com o zero no placar.

2º TEMPO

A etapa final começou diferente e o Tigres não esperou um minuto para abrir o placar. Dessa forma, Nico aproveitou uma falha da defesa ao tentar cortar um lançamento, e quase sem ângulo, empurrou a bola para o fundo da rede. Os dois times seguiram criando chances perigosas. Enquanto o time da casa quase ampliou duas vezes com Eduardo Vargas, os Bravos quase empataram em cabeçada de Alan Mendoza.

Contudo, aos 25 minutos, o Juárez alcançou o objetivo e balançou a rede com Darío Lezcano. Ele recebeu um cruzamento rasteiro pela esquerda, virou perfeitamente em cima da marcação e bateu no canto. Nos instantes finais, os Auriazules ainda reclamaram de um pênalti por mão na bola, mas o adversário estava com o braço colado no corpo. Assim, ninguém mais mexeu no placar e o jogo terminou em 1 x 1.

E AGORA?

O empate levou o Tigres a 27 pontos e o time fica na 3ª colocação, mas ainda pode ser ultrapassado até o fim da rodada. Seu compromisso seguinte é no próximo domingo (1), quando visita o América para fazer um grande jogo, às 20h30 (horário de Brasília). Já o Juárez foi a 15 pontos e está temporariamente na 12ª posição, a última da zona de classificação. No próximo sábado (31), recebe o Querétaro, às 00h30 (de Brasília).

MELHORES MOMENTOS

Foto destaque: Reprodução/Imago 7

Davi Ferreira
Escolhi o jornalismo por causa da paixão pelo esporte, principalmente. Sempre acompanhei as mais diversas modalidades pelo mundo e pensava que só podia trabalhar com isso. Assim que entrei na faculdade e acumulei experiências, me apaixonei pela profissão em todos os seus aspectos. O que mais me atrai são os desafios e imprevisibilidades apresentados diariamente. Já participei de projetos de jornal impresso, portal de internet, transmissões de rádio, podcasts e produção de televisão. Estou sempre disposto a somar experiências, e me dedico com firmeza nas ideias em que acredito.

Artigos Relacionados