Neymar nas Olimpíadas ou Copa América? Dúvida mortal para o técnico Dunga

Em meio de muitas competições importantes na temporada, a Seleção Brasileira poderá não contar com Neymar em uma delas. Além das Eliminatórias para a Copa do Mundo, o Brasil jogará em 2016 a Copa América Centenária nos EUA e os Jogos Olímpicos, aqui no Brasil.

A ausência pode ser mais uma escolha de preservação do craque do que por obrigação, como foi na contusão e suspensão na última Copa do Mundo e Copa América, respectivamente. Para a Copa América, o Barcelona não tem direito de barrar a presença do jogador, já nas Olimpíadas Neymar precisa da liberação do clube catalão. Essa liberação já foi concedida pelo treinador Luís Henrique e pelos dirigentes do Barça.

Mas a questão é que Neymar não tem férias desde 2011, pois sempre está servindo a seleção na época de férias. E para um jogador tão intenso como nosso craque brasileiro, isso pode ser prejudicial. A Copa América chegará após uma temporada cansativa pelo Barcelona, e logo após a competição chega as Olimpíadas. Disposição e vontade Neymar tem de sobra para participar das duas competições e todos os brasileiros esperam que ele jogue e ajude o país a vencer as duas competições. Dunga quer que ele jogue os dois campeonatos, Neymar também, mas caso a avaliação mostre que será prejudicial, o técnico brasileiro fará melhor escolha se deixar o craque fora da Copa América.

Se as Olímpicas não fosse em solo brasileiro, a decisão seria difícil, mas da mesma forma as Olimpíadas seria mais importante. O Brasil não vence a Copa América a 9 anos, a última foi vencida em 2007, exatamente com o técnico Dunga. A Copa América tem de 4 em 4 anos, e a próxima, em 2019, é no Brasil, chance perfeita de acabar com o jejum. O foco dessa temporada é sem dúvidas as Olimpíadas, pois a seleção nunca venceu a competição e ela será disputada em casa, e não cairia bem perder duas competições internacionais seguidas dentro de seu território. Neymar será fundamental para conseguir a medalha de ouro em solo nacional, e todos esperam que ele chegue 100% para ter suas melhores atuações como ele vem tendo nos últimos meses pelo Barcelona.

O ideal será mesmo convocar o camisa 10 pra Copa América, mas deixa-lo no banco de reservas, entrando sempre, mas com tranquilidade para não esgotar o craque. Assim ele chegaria às Olimpíadas descansado para fazer muitos gols e conquistar a sonhada medalha de Ouro.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Paulo Arthur
Paulo Arthur Corrêa é louco por futebol e está toda semana no estádio para acompanhar de perto o esporte mais famoso do mundo. Tem 19 anos e mora no Rio de Janeiro. É colunista do Futebol na Veia, participante do programa Na Cara do Gol da Rádio Estácio-TJ e apaixonado pelo que faz. Em 2015 começou a cursar Jornalismo, iniciando o caminho para alcançar seu sonho de infância, que é trabalhar com esporte e transmitir valores e ideias para o público em geral.

    Artigos Relacionados

    Topo