Neymar e Gabriel Jesus

Na última semana, o vídeo de Luiz Eduardo viralizou nas redes sociais e chegou até os jogadores Neymar, do Paris Saint-Germain, e Gabriel Jesus, do Manchester City. Os jogadores, então, comovidos pelo relato, gravaram vídeos com mensagens de apoio ao garoto de 11 anos, que joga pelo Uberlândia Academy.

Neymar: “Que você não desista do que você ama fazer, que é jogar futebol”

O jogador do PSG, vem sempre se posicionando contra ataques racistas e de injúria racial. O atleta, ídolo e inspiração de Luiz Eduardo, desejou força e dedicação ao garoto

Quero te desejar força, espero que você não desista do que você ama fazer, que é jogar futebol. Força, transforme ela em treino, dedicação, em amor ao que faz, aos pais, à família, a todos, sem cor, sem raça nenhuma.”

https://twitter.com/futebol_info/status/1340036844784893953?s=20

“Não ligue para o que os outros falam. Siga em frente, forte, por mais difícil que seja”, completou.

Gabriel Jesus, atacante do Manchester City, também fez questão de passar sua mensagem ao garoto.

“Quero te dar um grande abraço e pedir que você tenha forças neste momento. Vi seu vídeo, fiquei bastante triste pelo ocorrido, e quero te pedir para que não ligue para essas pessoas, não ligue para o que os outros falam.” 

“O cara falava assim ‘Fecha o preto aí, ó!’”

Na quarta-feira (12), logo após o jogo da Caldas Cup, pelo time sub-11 do Uberlândia Academy, Luiz Eduardo saiu do campo chorando. Em vídeo, o garoto relata ter ouvido ofensas racistas por parte do técnico do time adversário.

“O cara falava assim ‘Fecha o preto aí, ó! Aí eu aguardei para falar no final com os pais. Falou um ‘tantão' de vezes’'

A equipe de Minas publicou o vídeo com uma nota de repúdio. O boletim de ocorrências foi feito e o técnico Lázaro Caiana de Oliveira, acusado pelos ataques, foi suspenso da competição.

Por fim, como resposta e em demonstração de apoio, o Santos Futebol Clube entrou em contato com a família do garoto e, além de o presentear com produtos oficiais do clube, ainda o convidou para um teste em 2021. Além do Santos, o Fluminense, através do lateral Calegari, também se sensibilizou e seus observadores de base também pretendem contatar a família do jovem jogador.

Foto destaque: Reprodução/UOL

Laisa Rodrigues
Sou atleta de sofá, corneteira, palmeirense apaixonada e jornalista em formação. Joseense de 20 anos, estou no terceiro ano da faculdade e sonhando, todos os dias, com tudo de mais lindo que ainda vou viver com a área esportiva. Vem comigo?

Artigos Relacionados