Neymar e Dí Maria levam PSG às quartas

- Em jogo de portões fechados, o PSG consegue dominar e garantir a classificação
psg

Na última quarta-feira (11), o PSG recebeu o Borussia Dortmund no Parque dos Príncipes, pelo jogo de volta das oitavas da Champions. Os parisienses conseguiram virar o placar que havia sido construído no jogo de ida (2 x 1, para o aurinegros), além de garantir sua classificação para às quartas, o que não acontecia desde a temporada 2015/16. Além disso, Neymar, que parece estar voltando a sua boa forma, fez toda a diferença. O jogador já havia feito o gol da esperança na Alemanha e, no jogo de ontem também teve papel fundamental.

O jogo aconteceu de portões fechados, como medida de segurança por conta do coronavírus. Juntamente a isso, os donos da casa precisaram lidar com duas ausências: Thiago Silva, que está se recuperando de uma lesão, além de Mbappé que, estava com dores na gargante e, só pôde entrar quase na metade do segundo tempo.

1º TEMPO

Sem poder contar com o apoio da torcida dentro do estádio, o PSG teve dificuldades no início o viu o Borussia ir ganhando espaço. Assim, logo aos 18 minutos, foram os aurinegros que construíram uma bela jogada: Guerreiro aproveitou a sobra e deu o passe para Sancho que, bateu de primeira e levou muito perigo ao gol de Navas. Na sequência, aos 21 minutos, Haaland ia chegando ao gol, mas foi interceptado antes. Dessa forma, a resposta parisiense veio. Dí Maria foi para cima, no entanto, acabou sendo derrubado fora da área. Além disso, as jogadas seguintes ficaram por conta de Cavani, que deu muito trabalho a Burki.

Depois de muitas tentativas, o gol enfim saiu, aos 28 minutos. Um escanteio foi cobrado pelo argentino Dí Maria e, Neymar que, estava sem marcação, mandou de cabeça para as redes. Os aurinegros tentaram reagir e conseguir o empate ainda no primeiro tempo, mas Navas brilhou nas defesas. Para confirmar o favoritismo, o PSG ainda fez mais um. Já nos acréscimos, Bernat roubou no meio do campo, construiu a jogada com Neymar e Dí Maria que, deixaram o cruzamento por conta de Pablo Sarabia. O espanhol cruzou baixo e teve a ajuda do desvio de Bernat, que havia iniciado a jogada, para fazer o segundo e ir para o intervalo com o placar de 2 x 0.

https://twitter.com/PSG_inside/status/1237842790551191552

2º TEMPO

A segunda etapa foi morna e sem muitas criações. A princípio, os primeiros minutos foram mais agitados para os parisienses que, numa cobrança de falta, quase viram o terceiro gol. Porém Burki estava bem na partida e fez uma ótima defesa. Já aos 32 minutos, Brandt tentou arriscar para o Dortmund, mas a bola só passou por cima do gol. Para finalizar, Emre Can fez uma falta muito pesada em Neymar, aos 42 minutos, e acabou expulso, o que não ajudava em nada a situação do time que, naquela altura, não podia fazer mais nada além de aceitar a eliminação.

Ao final da partida, os jogadores do PSG ainda subiram até o topo das arquibancadas para interagir e agradecer à torcida que os esperava em peso do lado de fora do Parque dos Príncipes, com fogos de artifício e muita festa.

https://twitter.com/PSG_inside/status/1237867014267342850

E AGORA?

O PSG segue para às quartas da competição, e o Borussia Dortmund dá adeus a esta edição da Champions. O próximo compromisso dos parisienses é no próximo final de semana, pela Ligue 1 – na qual também lidera a tabela -, quando recebe o Nice no domingo (15). Já o próximo jogo dos alemães é contra o Schalke, no sábado (14), pela Bundesliga.

Foto Destaque: Reprodução/Twitter/PSG

BetWarrior


Poliesportiva


Emanuelly Cardoso
Emanuelly Cardoso
Emanuelly Cardoso, 18 anos. Estudante de jornalismo, apaixonada pelo mundo da comunicação. Gosto de levar a vida com alegria e leveza. Sempre tive interesse por esportes, cultura e questões sociais. O futebol foi o tema que meu coração escolheu para falar sobre meus interesses e dar voz ao que me conecta com o universo.

    Artigos Relacionados

    Topo