Neuer faz 34! Jejum de títulos e incertezas no futuro do goleiro

- Alemão faz aniversário nesta sexta-feira (27)
Neuer faz 34! Jejum de títulos e incertezas no futuro do goleiro

Manuel Neuer é o felizardo do dia aqui no Futebol na Veia. O currículo é invejável de conquistas, mas elas ficaram escassas nos últimos anos, no quesito torneios internacionais. Desde o Mundial de 2014, quando o goleiro esteve debaixo das traves defendendo a Alemanha (sofrendo apenas quatro gols), o gigante não ganhou títulos internacionais. Ainda que tenha vencido o prêmio de Melhor goleiro da Fifa nos anos de 2015 e 2016, completando 34 anos nesta sexta-feira (27), o arqueiro soma seis anos sem saber o que é uma vitória ao final de um torneio.

Schalke 04 – O Começo de Neuer

A jóia do Schalke 04, da sua cidade natal (Gelsenkirchen), se destacou muito cedo. Sua primeira aparição no clube azul foi na temporada 2006/2007, e logo foi ganhando seu espaço. Na Champions League de 2007/2008, estreou de maneira internacional quando defendeu seu time contra o Porto, realizando boas intervenções. Neuer defendeu duas cobranças de pênaltis na ocasião, levando o Schalke para às quartas de final do torneio. Em 2010/11 novamente uma temporada de gala, com destaque para a partida contra o campeão daquele ano, o Manchester United, dessa forma o credenciando para ser um dos melhores do mundo e o levando ao Bayen de Munique.

Bayern de Munique – A consagração

Nos Bávaros os recordes começaram a surgir, como o goleiro de mais tempo sem sofrer gols (1018 minutos). Junto com seu novo clube, chegou à final da Champions League 2011/2012, mas acabou derrotado nos pênaltis. Na temporada seguinte, o título veio após o duelo contra o Borussia Dortmund. Finalmente Neuer saiu do “quase” e conquistou o tão sonhado torneio, mais tarde, veio a ser campeão do mundo de clubes. Nesse período, o arqueiro seu clube a conquistar nada menos do que sete títulos seguidos de Bundesliga.

Seleção Alemã – Trabalho árduo e compensatório

Em sua seleção, Neuer passou por todas as categorias. Numa delas, a sub-21, conquistou a Eurocopa de 2009, campeonato que o credenciou a sua primeira convocação para a principal, em junho daquele ano. Já em 2010, foi convocado para o Mundial da África do Sul, sofrendo apenas um gol e sendo derrotados pela Espanha nas semifinais. Mas, no torneio seguinte conquistou o tão sonhado título, contra a Argentina e depois de ter vencido o Brasil por 7 x 1, em pleno Mineirão, sendo consagrado Luva de Ouro naquele ano. Entretanto, foi só em 2016 que o arqueiro assumiu a capitania do time, após Bastian Schweinsteiger aposentar-se da equipe.

O Futuro de Neuer

Por conta da Pandemia do Covid-19, a Bundesliga está paralisada. Assim, especulações começam a surgir com o futuro do jogador e segundo o jornal alemão Bild, o destino do aniversariante do dia pode ser o Chelsea. A publicação relata uma insatisfação de Frank Lampard com seu atual goleiro, Kepa Arrizabalaga, e pode ir no mercado para suprir a necessidade.

Ainda segundo o jornal,o Bayern já trabalha com a possibilidade de perder seu arqueio, tendo em vista as dificuldades em relação a renovação de contrato do mesmo. Neste ano, atuou em 37 jogos, sofreu 38 gols e ficou 15 partidas sem ser vazado. Em contrapartida, na seleção, sua titularidade vem sendo contestada por conta da boa fase de Ter Stegen.

BetWarrior


Poliesportiva


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

    Artigos Relacionados

    Topo