Não se deve comparar Zidane a Guardiola

Em sua primeira coletiva como treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane foi questionado sobre suas semelhanças com Josep Guardiola, que assim como o craque francês foi na contramão da maioria dos técnicos e iniciou sua trajetória em um dos maiores clubes da Europa.

Em resposta, Zizou foi enfático:

“Guardiola é Guardiola. Farei o meu melhor. Não irei me comparar com ninguém. Nunca fiz isso como jogador e não farei isso agora.”

Zinedine Zidane, 43, é um dos maiores jogadores de todos os tempos. Possui profunda identificação com o Real Madrid, clube no qual jogou entre 2001 e 2006 (com 225 jogos e 59 gols) e é funcionário desde 2013, onde iniciou sua carreira técnica como auxiliar de Carlo Ancelotti. Agora começará sua trajetória de treinador pelo clube Merengue, substituindo o espanhol Rafa Benitez.

Josep Guardiola, 44, também era um ótimo meio-campista, porém não tinha a mesma genialidade de Zizou. Possui ligação especial com o Barcelona, jogando pelo clube catalão entre os anos de 1990 e 2001 (com 384 jogos e 11 gols), retornando ao clube em 2007 para iniciar sua carreira de treinador, substituindo o holandês Frank Rijkaard.

A inevitável comparação entre ambos deve parar por aqui.

Pep Guardiola foi preparado para ocupar o cargo de técnico do Barcelona, que assumiu ainda jovem, aos 39 anos. Aposentou-se como atleta em 2006 e já no ano seguinte era o treinador do time B do Barça, sendo campeão da Tercera División, onde trabalhou com diversos jogadores dos quais viria a efetivar para o time principal, como Sergio Busquets, Thiago Alcântara e Pedro Rodriguez. Iniciou sua vitoriosa carreira como treinador Blaugrana em 2008, conquistando já em sua primeira temporada todos os títulos que poderia: Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supercopa da Espanha, UEFA Champions League, Supercopa Europeia e Mundial de Clubes. Pep conseguiu tamanho sucesso pois foi o herdeiro de uma filosofia implantada pelo Barcelona, que consistia em inovações táticas, utilização massiva dos atletas das categorias de base e domínio total sobre o adversário.

Já Zidane trilhava o mesmo caminho de Guardiola até a primeira semana de janeiro, até ser efetivado de forma prematura ao cargo de treinador do Real Madrid para substituir Rafa Benitez, demitido por sua relação conturbada com alguns dos líderes do elenco Galáctico, como Cristiano Ronaldo e Sergio Ramos. Além de apaziguar um clube recheado de egos (CR7, Bale, Benzema, Arbeloa, Ramos e Marcelo, entre outros), a árdua missão de recolocar os Merengues no topo da Europa é ainda mais difícil ao observar o futebol apresentado por seu maior rival, que liderado por Messi, Neymar e Suarez é o franco favorito para os torneios que ambos disputam. Tarefa difícil, mas não impossível.

Zinedine Zidane, precocemente efetivado de auxiliar técnico a treinador, tem em mãos um desafio equivalente á grandeza de seu futebol dos tempos de atleta, enquanto que Josep Guardiola gozava de maior maturidade quando iniciou seus trabalhos na beira do gramado, pois concluiu toda a preparação que lhe foi imposta, desfazendo assim qualquer chance de uma comparação justa entre ambos. Resta saber se Zizou terá o mesmo sucesso, ou quem sabe ainda maior!

Avatar

Sobre Vinícius Deguar

Vinícius Deguar já escreveu 26 posts nesse site..

Jornalista de 23 anos e estudante de Comunicação Social na UNG/SP, escrevo para o Site Futebol na Veia desde novembro de 2015 e sou especializado no núcleo do futebol paulista, cobrindo principalmente o cotidiano dos quatro grandes do estado de São Paulo. Aprendi como um time deve jogar bola vendo o Barcelona holandês-catalão de Cruiff, Rijkaard, Davids, Overmars e cia. limitada. Possuo o futebol em minhas veias desde criança. Contato: viniciusdeguar@aim.com

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Vinícius Deguar
Jornalista de 23 anos e estudante de Comunicação Social na UNG/SP, escrevo para o Site Futebol na Veia desde novembro de 2015 e sou especializado no núcleo do futebol paulista, cobrindo principalmente o cotidiano dos quatro grandes do estado de São Paulo. Aprendi como um time deve jogar bola vendo o Barcelona holandês-catalão de Cruiff, Rijkaard, Davids, Overmars e cia. limitada. Possuo o futebol em minhas veias desde criança. Contato: viniciusdeguar@aim.com

    Artigos Relacionados

    Topo