Nagelsmann nega possível ida para o Bayern

Com a iminente saída do técnico Hans-Dieter Flick do comando da equipe do Bayern de Munique para comandar a seleção alemã, surgiu rumores do treinador Julian Nagelsmann sair do Leipzig e assumir o gigante na Bundesliga. No entanto, essa informação foi desmentida pelo próprio. Por fim, com a saída de Joachim Löw, após a Eurocopa deste ano. Hansi tem sido especulado em seu lugar. Desse modo, isso pode contribuir para a dança das cadeiras na Alemanha e nas mudanças dos clubes alemães.

ABRE ASPAS

Não existiram e nem existem conversas entre mim e o Bayern – disse o Nagelsman do RB Leipzig

ENTENDA TODA A HISTÓRIA

Antes de mais nada, Joachim Löw está no comando da seleção alemã desde 2006 como auxiliar e assumiu como treinador em 2006. Desse modo, montou grandes times e faturou a Copa do Mundo 2014 e a Copa das Confederações 2017. Contudo, a relação já dura muito tempo e depois de alguns resultados as criticas apareceram.

Além disso, o país tem a cultura de efetivar o auxiliar depois de um tempo de trabalho e estudo. Assim, Flick começou em 2006 e ficou de aprendiz até 2014, quando recebeu o convite do Bayern para ficar na equipe técnica. Contudo, após a demissão de Niko Kovač, em 2019, ele assumiu e fez história. Desta forma, conquistou Liga dos Campeões, Bundesliga, Copa da Alemanha e Mundial de Clubes.

Assim, de mero desconhecido surgia um treinador com potencial. Contudo, no Leipzig outro treinador aparecia e fazia bons jogos, trata-se de Julian Nagelsmann. Ele também se firmou como um dos maiores do mundo e levou o time para as semifinais da Champions e tem sido um bom rival da equipe bávara no Campeonato Alemão. Em conclusão, pode acontecer uma mudança que atinge esses três comandantes e mudar o futebol alemão a nível nacional e na seleção.

 

Foto Destaque: Reprodução/Leipzig
Nicollas Almeida
Escolhi o jornalismo porque queria contar histórias, participará dela também. Já estagiei na assessoria de imprensa de um órgão do governo do Rio de Janeiro. Fiz trabalhos voluntários no meio religioso e político, participei de um programa de debate na rádio na faculdade.