Nacional x Vitória (Reprodução/ CD NAcional)

Nesta segunda-feira (22), o Nacional recebeu o Vitória em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Português. Sendo assim, os Nacionalistas venceram por 1 x 0 e voltaram a sonhar com a permanência. Por outro lado, com a derrota, os Conquistadores estacionaram na tabela.

1º TEMPO – PRESSÃO DO NACIONAL PARA ABRIR O PLACAR

Jogando em casa e precisando muito da vitória, o Nacional subiu suas linhas e pressionou desde o começo. Dessa forma, a equipe mostrou uma ótima postura dificultando a saída de seu adversário. Com isso, a gana dos donos da casa resultaram no gol logo aos 7′, quando Pedro Mendes dominou já ajeitando a bola o chute com a perna direita, sem chances para Varela.

Por outro lado, os visitantes pouco fizeram e aceitaram passivamente o controle do mandante. Sendo assim, após o gol, os donos da casa continuaram ditando o ritmo da partida. Dessa forma, o lance de maior destaque do Vitória acabou por ser um cartão amarelo para o defensor Jorge Fernandes, aos 15′.

2º TEMPO – MUITOS CARTÕES, POUCO FUTEBOL

Com a vitória parcial, o Nacional passou a se preocupar em garantir os três pontos ao invés de ampliar a vantagem. Dessa forma, o time da casa recuou suas linhas e passou a entregar a bola para o adversário. Assim, sem buscar tanto o gol, o segundo tempo dos mandantes ficou marcado pela vontade em segurar o resultado. Vontade essa que resultou em três cartões amarelo, sendo eles para: Azouni aos 6′, Alhassam aos 36′ e Eber Bessa logo em seguida.

Vitória, por sua vez, atrás no placar e com o mandante de certa forma abdicando do jogo, passou a dominar a posse de bola. Porém, a equipe não encontrava espaços para penetrar a defesa adversária. Dessa forma, os Conquistadores conseguiram apenas uma finalização, mas sem perigo. Por fim, o time acabou recebendo dois cartões amarelos para Sílvio Rochinha.

Com a vitória, o Nacional voltou a sonhar com sua permanência na 1ª Divisão. No entanto, os Nacionalistas seguem na última colocação da liga e com 24 pontos. Dessa forma, se encontra a seis pontos do primeiro clube fora da zona de rebaixamento, o Marítimo. Porém, são quatro pontos separando a equipe da 16ª posição, que leva o dono desse posto a disputar uma eliminatória para escapar da 2ª Divisão.

No entanto, o Vitória não teve e nem terá muito o que comemorar. Afinal, apesar da derrota, o futuro da equipe continua o mesmo. Assim, os Conquistadores estacionaram na 6ª colocação com 38 pontos. Dessa forma, a equipe joga o restante da liga apenas para cumprir tabela.

Por fim, os vencedores retornam à campo no próximo sábado (1), quando visitam líder Sporting às 16h30 (horário de Brasília). O Vitória, por sua vez, recebe o Moreirense na sexta-feira (30) às 13h (horário de Brasília).

Foto destaque: Reprodução/ C.D. Nacional

Alec William
Alec William
Me chamo Alec William, tenho 23 anos e atualmente curso Ciências do Esporte na FCA-Unicamp. Acredito que minha paixão em contar histórias e esboçar minha opinião por meio da escrita surgiram antes mesmo do amor pelo futebol. Mas ao mergulhar nesse mundo esportivo, surgiu minha segunda paixão, o futebol, que passei a associar com minha escrita como um meio de esboçar minhas ideias e opiniões em cima daquilo que vejo e vivencio dentro do esporte, além de almejar um espaço e reconhecimento dentro desse mercado. Trabalhei durante um ano como redator de artigos esportivos e desde lá venho aprendendo e me encantando cada vez mais com a área. Costumo ser bem claro em relação as minhas opiniões acerca do futebol, pois acredito que sim, temos verdades absolutas como a de que Neymar é um craque, mas isso não significa que eu vá sempre escalar ele no meu time, o futebol é feito de situações e momentos, onde nem sempre o melhor vai ser o essencial.

Deixe uma resposta