Nacional x Peñarol – Superclássico pela grande final do Campeonato Uruguaio 2018

A partir das 17h30 deste domingo (11), no Estádio do Centenário, Nacional e Peñarol disputam, possivelmente, o único jogo da final do Campeonato Uruguaio 2018. As equipes foram as duas melhores na tabela anual, sendo o Nacional o vencedor do. Portanto, já classificadas para a semifinal, mas sem outras equipes para disputar, foram direto à final. Se o Peñarol vencer a partida, será sagrado campeão, mas caso o Nacional vença, mais duas partidas serão disputadas.

NACIONAL

Superclássico movido à pressão pela equipe mandante. Alexander Medina tem uma chance para continuar na busca pelo triunfo do campeonato. Se vencer, consegue adiar a final para mais dois jogos e, quem sabe, levantar a tão sonhada taça.

Ao que tudo indica, o argentino Marcos Angeleri deve aparecer pelo lado direito da defesa, já que as alternativas foram feitas sem Jorge Fucile, afastado por lesão muscular. Luis Aguiar e Sebastián Rodríguez trabalharam no meio-campo, e Gonzalo Castro ensaiou no ataque para se juntar a Sebastián Fernández e Gonzalo Bergessio. Apesar das variantes, Medina tem equipe definida, mas a mantém sob sigilo. Em coletiva de imprensa, ele diz:

“Os clássicos duelos são sempre especiais e estamos motivados, com muito desejo e confiança em fazer bem as coisas. Vamos para o jogo … Temos alternativas para cobrir a posição de Jorge (Fucile) que sofreu um problema. No domingo, tem que haver um vencedor, esperançosamente somos nós. Vamos preparar e mentalizar os jogadores para que seja … O que joga melhor está sempre mais perto de ganhar. A equipe está gerando situações de gols, a mesma que gerou na Abertura e Intermediário, a diferença é que nesses torneios fomos fortes. Estamos trabalhando para que as situações que geramos se tornem uma meta no domingo. As estatísticas do Fedorczuk não me incomodam, acho que ele é um bom árbitro e o último clássico que fez foi muito bom. Oferece todas as garantias. Publicamente ele não analisou o rival, claro que ele tem seus pontos fortes e fracos, como nós e todos nós os temos.”

Provável Escalação: Esteban Conde, Marcos Angeleri, Rafael Garcia, Alexis Rolin, Alfonso Espino, Christian Oliva, Santiago Romero, Matias Zunino, Gonzalo Castro, Sebastian Fernandez e Gonzalo Bergessio. Técnico: Alexander Medina.

PEÑAROL

Vencedor do Clausura 2018 confiante para se tornar o bicampeão Uruguaio neste Superclássico. Se conquistar a vitória nesta tarde, levantará a taça do campeonato. Caso perca, dará esperança ao Nacional de levar o título.

Mesmo sem confirmação da equipe, Diego Lopez experimentou fórmulas diferentes e fez variantes em todas as linhas, da defesa ao ataque. Cristian Rodríguez retorna ao meio-campo como capitão da equipe, Ezequiel Busquets para o lado direito e o atacante Gabriel Fernandez para o ataque. Desfalque de Guzman Pereira, que está suspenso.

https://twitter.com/OficialCAP/status/1061460543784058881

Provável Escalação: Kevin Dawson, Ezequiel Busquets, Fabricio Formiliano, Carlos Rodriguez, Lucas Hernández, Giovanni Gonzalez, Walter Gargano, Cristian Rodriguez, Agustin Canobbio, Lucas Viatri e Gabriel Fernandez. Técnico: Diego Lopez.

RETROSPECTO

Fazendo um levantamento de confrontos anteriores desde 2017, Nacional e Peñarol se enfrentaram cinco vezes entre Campeonato Uruguaio, Supercopa e Amistoso. Quem levou a melhor foi a equipe aurinegra com três vitórias e dois empates.

Beatriz do Vale
Comunicativa desde pequena, graduada em Rádio e TV e também em Jornalismo pela FIAM, e pós-graduada pela Cásper Líbero. Tudo o que envolva pesquisa, escrita, locução, entrevista e criação, busco me aprimorar e fazer o melhor. Futebol na Veia surgiu sem qualquer pretensão e, hoje, me proporciona uma verdadeira imersão neste mundo esportivo, com ensinamentos pessoais e profissionais a cada dia. Sou paulistana, 30 anos, não sou parente do Luciano, mas vou experimentando...

Artigos Relacionados