O ano de 2020 começou cheio de expectativas, com a chega de Keisuke Honda ao Botafogo. O jogador com passagem pelo futebol europeu em clubes como CSKA Moscou, no clube russo foi destaque da equipe. Honda acabou chamando a atenção do Milan, onde inclusive usava a camisa 10. Ainda o jogador ainda teve passagens pelo futebol mexicano no Pachuca, além do futebol australiano onde atuou pelo Melbourne Victory.

O meia também é destaque na seleção Japonesa, onde disputou 97 jogos e marcou 42 gols, durante toda essa passagem Keisuke Honda disputou três Copas do Mundo. O jogador ainda tem um grande sonho de disputar as Olimpíadas de Tóquio em 2020. Outro fato interessante é que no ano de 2018, o atleta assumiu como técnico da seleção do Camboja.

Com esse currículo Keisuke Honda traz muita expectativa no futebol nacional, principalmente para a torcida do Fogão, então os Samurais da Bola trazem outros jogadores japoneses que passaram por aqui.

Musashi Mizushima

Nascido em Tokyo, em 1964, o ex-meia fez praticamente toda sua carreia no Brasil. O jogador começou sua carreira no São Paulo em 1975. Porém apesar de fazer passar por todas categorias de base do Tricolor, no time principal fez apenas uma partida. Logo depois, o jogador ainda atuou por outras equipes, como a Portuguesa, São Bento e Santos. Após a passagem pelo Brasil, o jogador voltou ao Japão Hitachi, atual Kashiwa Reysol e encerrou a carreira no All Nippon Airways, hoje Yokohama F Marinos.

Contudo todas as passagens sem brilho, até que então resolveu voltar ao futebol japonês. Porem, Mizushima ainda seria muito conhecido no Brasil, uma vez que o ex-jogador serviu como base para a criação do anime Capitan Tsubasa, que já foi tema aqui no Samurais da Bola, sendo a principal estrela, Oliver Tsubasa, que no desenho vem ao Brasil defender o São Paulo.

Masakiyo Maezono

Promessa do futebol japonês principalmente após as olimpíadas de 1996, o meia-atacante, que havia começado sua carreia no Yokohma Flugles, atualmente Yohoma F Marinos. O ex-jogador ainda teve uma passagem pelo Verdy Kawasaki, antes de vir atual no futebol brasileiro. Masakiyo chegou ao Santos em 1998, sendo o terceiro jogador japonês a atuar pelo clube, logo na sua estreia ele fez um gol contra a Portuguesa no empate em 1 x 1.

https://www.instagram.com/p/BxKa76qB0Fb/

Contudo, sua passagem pelo Peixe durou apenas uma temporada, até se transferir para o Goiás, onde também ficou apenas um ano. Logo depois dessa breve passagem, o ex-meia voltou ao Japão, após dois anos, se transferiu para Coréia do Sul, onde encerrou sua carreia.

Tomo Sugawara

Ex-volante Japonês, que começou a carreira do Verdy Kawasaki, onde trabalhou com técnico Emerson Leão, nas temporadas de 1996 e 1997. Ademais, o jogador chamou tanta a atenção de Leão, que quando o treinador trabalhava no Santos em 1999 indicou a contração do Sugawara, porém a passagem não foi das melhores. além disso o volante atuou em apenas quatro partidas e ainda fez um gol. Após essa passagem pelo futebol brasileiro, o jogador voltou ao Japão para defender o Vissel Kobe e encerrou sua carreira no Verdy Kawasaki,.

Koichi Hashimoto

Atleta que atuava como volante, veio ainda jovem ao Brasil, para atuar nas categorias de base do XV de Jaú, onde se profissionalizou, após essa passagem foi negociado com o Central de Caruaru. Após, o jogador se destacar foi contrato pelo Corinthians em 1993, se tornou o primeiro asiático a atual pelo clube, contudo nunca atuou em uma partida oficial.

Após essa passagem pelo futebol brasileiro, o Koichi voltou ao Japão onde atuou pelo Kashiwa Reysol, Fukushima FC e JEF United, ainda teve uma breve passagem pelo San José Earthquakes. Logo depois de jogador na terra do sol nascente, o ex-volante voltou ao Brasil, onde jogou por Juazeiro, Paraná Clube, Santa Cruz e Luziânia, clube no qual encerrou a carreira.

Kazuyoshi Miura

Este com certeza o mais famoso a passar pelo Brasil. Inclusive o jogador já foi tema dos Samurais da Bola, ainda jovem Kazu se mudou para o país e jogou na base do Juventus da Mooca. Após o sucesso na base o atleta foi negociado com o Santos. Kazu ainda teve passagens por Palmeiras, Coritiba, CRB, Matsubara e XV de Jaú.

Após a segunda passagem do Peixe, voltou ao Japão onde atuou pelo Verdy Kawasaki, Vissel Kobe e Kyoto Sanda. Passou pela Itália, pelo Genoa e Croácia no Croácia Zagreb. Por fim aos 52 anos, o atacante renovou contrato por uma temporada e irá disputar a J-League 2020 pelo Yokohama FC.

HIROKI SAKAI

Por último, não podemos deixar de lembrar que o lateral direito da seleção japonesa também teve uma breve passagem por aqui. Hiroki Sakai começou sua carreira no Kashiwa Reysol, logo se transferiu para Alemanha onde atuou pelo Hannover 96, após quatro temporadas, o atleta chamou a atenção e se transferiu para o Olympique de Marseille, clube que defende até hoje.

https://www.instagram.com/p/B8WlySmqwHL/

O que poucos sabem é que Sakai teve uma breve passagem pelo Mogi Mirim, sim isso aconteceu em 2009. Sua passagem foi curta, durou apenas um semestre, o atleta não chegou a entrar em campo, porém ficou no banco por oito oportunidades no Campeonato Paulista. O companheiro de Honda, em entrevista afirmou que gostou muito do país, principalmente da comida e da música, ficou fã do cantor Thiaguinho.

Eddie Toschi
Edwaldo Toschi, bacharel em Direito e especialista em Jornalista esportivo através de cursos ministrados por jornalistas renomados como Alexandre Praetzel, Celso Unzelte, Mário Marra dentro outros. Sou um apaixonado por futebol. Apresentador do canal Sai Que é Sua no YouTube.