Museu do Futebol exibe documentário “Copinha – Um Sentimento”

- Neste sábado (26), às 21h30 (horário de Brasília), tem sessão gratuita nas redes sociais do Museu, CINEfoot e Acervo da Bola
Museu do Futebol exibe documentário "Copinha - Um sentimento" (Foto: Divulgação / Museu do Futebol)

Nesta quinta-feira (24), em edição especial, a coluna Futflix indica mais uma sessão cinematográfica no Museu do Futebol. Isso porque, a parceria com o CINEfoot realiza mais uma sessão de filme pelas redes sociais dentro do projeto Cinema na Rede. Assim, neste sábado (26), às 21h30 (horário de Brasília), será exibido o documentário Copinha – Um Sentimento, dos diretores Carlos Guilherme Vogel, Fábio Erdos e Marcelo Engster. Já às 20h (horário de Brasília), esse trio vai conversar com torcedores sobre o futebol como fator de união quando se está fora de sua cidade natal. Além disso, ainda discutem a importância de espaços como o Copinha para expressão do torcedor.

Leia mais:

Logo, o filme narra a história de uma esquina de um dos bairros mais famosos do país, que se tinge de vermelho e branco e o sotaque gaúcho fala mais alto. Dessa forma, fazendo ecoar os cantos da torcida do Sport Club Internacional. Assim, um pequeno bar situado em Copacabana, no Rio de Janeiro, começa timidamente a reunir torcedores que, longe da terra natal, buscam um espaço para acompanhar os jogos do seu time.

Após alguns anos, mais que um ponto de encontro, o Bar Copinha revela-se um microcosmo que demonstra a paixão do brasileiro pelo futebol. Dessa forma, sugere que os sentimentos que se criam em torno dessa paixão vão muito além do fanatismo de qualquer torcedor.

Assim, a exibição de “Copinha – Um Sentimento” faz parte do programa Cinema na Rede. Mas, também está inserida na campanha #CulturaEmCasa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Logo, a iniciativa visa proporciona alternativas de lazer para a população durante o período de distanciamento social em vigor para o combate ao coronavírus. As sessões têm apoio do Acervo da Bola.

MUSEU DO FUTEBOL

Por fim, o Museu do Futebol é uma iniciativa do Governo e da Prefeitura de São Paulo, com concepção e realização da Fundação Roberto Marinho. Logo, pertence à rede de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e é gerido pelo IDBrasil, Organização Social de Cultura.

A saber, o Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. É um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil se confunde com a própria história do país.

Foto Destaque: Divulgação / Museu do Futebol

BetWarrior


Poliesportiva


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Topo