Mourinho rebate Özil: “Quem disse que temos interesse?”

- Alemão que está encostado no Arsenal declarou recentemente que prefere se aposentar do que jogar pelos Spurs
Mourinho rebate Özil: "Quem disse que temos interesse?" (Foto: Reprodução/Getty Images)

Polêmico e irreverente, José Mourinho não deixou a provocação feita por Mesut Özil, do Arsenal, passar em branco. Assim, perguntado sobre a declaração do jogador que disse preferir se aposentar do que jogar pelo Tottenham, o português não aliviou em sua resposta. Dessa forma, rebateu o meia e ironizou as provocações.

“Quem disse a ele que o Tottenham tem interesse em contratá-lo?”, questionou Mourinho.

Afastado por Arteta no Arsenal e próximo de deixar o clube para se mudar para a Turquia, Özil não tem deixado o rival Tottenham em paz. Mesmo sem atuar, e assistindo os jogos de seu time de casa, o meia alemão já alfinetou o outro clube ao menos duas vezes em suas redes sociais.

Inicialmente, Özil relembrou o fato dos Spurs enfrentarem um jejum de 12 anos sem vencerem um título. Além disso, mais recentemente, perguntado se jogaria pelo clube rival, afirmou que preferiria se aposentar. As publicações do meia arrancaram elogios da torcida dos Gunners, que chegou até a pedir a reintegração do atleta ao restante do elenco.

Entretanto, apesar dos pedidos da torcida, a tendência é que o meia volte aos campos somente depois de junho, quando tem seu contrato com o Arsenal expirado. Assim, o alemão já tem quase tudo acertado para defender o Fenerbahçe, da Turquia.

Anos atrás, José Mourinho Mesut Özil trabalharam juntos no Real Madrid, da Espanha. De lá para cá, o meia alemão relembrou algumas histórias de sua relação com o técnico em sua autobiografia. Assim, também revelou que quase chegou a agredir o português.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

BetWarrior


Poliesportiva


Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo