Mourinho poderia ter fechado com o Liverpool antes de ir para o Chelsea

José Mourinho poderia ter assumido outro clube inglês antes do Chelsea em 2004. Apesar de ser um dos maiores ídolos da história recente dos Blues, sua carreira poderia ter começado de uma maneira bem diferente. Foi revelado no livro “Mourinho, por trás do Special One” que o Liverpool foi a primeira equipe a demonstrar interesse no técnico português, quando ele ainda treinava o Porto.

Jorge Baidek, empresário de José Mourinho, revelou que o Special One deveria ter ido para o Liverpool ao invés do Chelsea. Ele era responsável por encontrar um novo clube para o técnico português e disse que já havia fechado um acordo junto a diretoria dos Reds.

“Ele deveria ter ido para o Liverpool. Bruno Satin e eu fomos para lá. Mourinho nos pediu para fechar negócio: ‘em 10 dias tem que estar resolvido'. Rick Parry era o diretor esportivo e Gérard Houllier o treinador dos Reds. Nós chegamos a um acordo”, afirmou Baidek.

Entretanto, Bruno Satin, agente citado no relato de Baidek, afirma que o Liverpool nunca chegou a fazer uma proposta oficial por José Mourinho. Assim sendo, o Special One negociou com os Blues e obteve enorme sucesso na “Terra da Rainha”.

Desse modo, entre 2004 e 2008, Mou venceu nada mais nada menos do que seis títulos. Foram dois títulos da Premier League (temporadas 2004/05 e 2005/06). Além disso, dois títulos da Copa da Liga Inglesa (2004/05 e 2006/07). Ademais, Mourinho também levantou a Supercopa da Inglaterra, em 2005, e a Copa da Inglaterra, na temporada 2006/07.

José Mourinho, o “o chama títulos do futebol europeu”

The Special One, apelido dado a um dos maiores treinadores da história do futebol europeu, chamou a atenção após vencer a Champions League com o Porto em 2004. Na ocasião, em partida disputada na Arena AufsSchalke, em Gelsenkirchen, os Dragões golearam o Mônaco por 3 x 0. Os gols do jogo foram marcados por Carlos Alberto, Deco e Alenitchev.

Tal feito na maior competição europeia de clubes com uma equipe modesta chamou a atenção de outros clubes grandes no Velho Continente. Assim sendo, não demorou muito para que José Mourinho mudasse de clube. E assim se fez. No mesmo ano em que venceu a Champions League, o Special One assumiu o Chelsea e manteve sua fama de vencedor de títulos. Em apenas quatro anos à frente do clube londrino foram seis conquistas.

Portanto, após tantos feitos de peso, José Mourinho se tornou unanimidade na Europa e cobiçado por outros gigantes do Velho Continente. Ele ainda teria uma passagem de grande destaque na Internazionale de Milão. À frente do clube Nerazzurri, o Special One faturou dois Campeonatos Italianos, uma Champions League, uma Copa da Itália e uma Supercopa Italiana.

Então, depois de manter sua fama de técnico vencedor na Itália, Mourinho chega ao Real Madrid, em 2010. Entretanto, diversos problemas de gestão do elenco galático fizeram com que a passagem do Special One pela Espanha fosse decepcionante. Em pouco mais de três anos, Mou levantou a La Liga (temporada 2011/12), a Copa do Rei (temporada 2010/11) e a Supercopa da Espanha, em 2012.

Desse modo, Mourinho ainda voltaria aos Blues em 2013 e manteria sua incrível façanha de vencer campeonatos importantes. Em sua segunda passagem, mais dois títulos, incluindo a Premier League da temporada 2014/2015.

Foto Destaque: Reprodução/Globoesporte

Lucas Vinícius Souza
Meu nome é Lucas Vinicius de Souza. Tenho 24 anos sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu, apaixonado por esportes, encaro o jogo como a vida, muitas coisas que acontecem no mundo das competições podemos fazer um paralelo com nossa vivência. No ramo da comunicação tenho experiência como Assessor de Imprensa do Sindicato da Construção Civil de São Paulo, Assessor de Imprensa na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e como redator freelancer na Agência 3xceler. Acredito que a escrita é uma arte, a arte de trazer informação, conselho e direcionamento aqueles que buscam conhecimento.

Artigos Relacionados