Mourinho

No último domingo (4), o Tottenham sofreu um tropeço na Premier League. O plantel de José Mourinho vencia o Newcastle até os minutos finais, mas sofreu um doloroso gol e teve que se contentar com o empate. Todavia, o pior de tudo não foi o resultado negativo, mas sim as declarações do Special One após o jogo. O técnico português comentou sobre as ausências de Serge Aurier e Toby Alderweireld. A sua fala não agradou o elenco dos Spurs.

O Special One falou que não escalou os defensores, porque eles só estavam aptos para treinar no sábado (3), um dia antes do duelo. Entretanto, os dois foram vistos em fotos na sessão de treinamento da última quinta-feira. Confira a fala de Mourinho:

Estavam em condições de ir a jogo mas só ontem (sábado) estiveram em condições de treinar. Foram para as seleções nacionais e não tiveram os resultados dos testes de COVID-19 a tempo dos treinos de quinta-feira (1) e de sexta-feira (2)

De acordo com o ‘Daily Mail‘, o elenco do Tottenham vem gostando das declarações do português e isso gerou um clima ruim dentro do vestiário. O português costuma não ter “papas na língua' e muitas vezes isso não agrada as pessoas. Além disso, o momento do clube londrino não é dos melhores. Como resultado, os nervos estão “à flor da pele' no esquadrão e o cargo de Mourinho não está garantido.

Foto Destaque: Divulgação/ Tottenham

Avatar
Leonardo Pinheiro
Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

Deixe uma resposta