Morínigo pode se tornar o técnico com mais tempo no Coritiba desde 2015 

Em suma, próximo de atingir 50 jogos pelo Coritiba, o treinador Gustavo Morínigo é o técnico com mais tempo no cargo desde 2015. Desse modo, o paraguaio soma 44 partidas no comando do Coxa, o último com uma sequência tão grande no cargo foi Marquinhos Santos, que ficou 49 jogos na passagem mais recente pelo Alviverde.

Portanto, Morínigo precisa de outros seis para chegar aos 50 e ultrapassar Marquinhos. Sendo assim, caso isso ocorra, o atual técnico se tornaria o mais longevo na posição desde 2013. A saber, Marquinhos Santos também é o detentor da marca, com 70 partidas. 

Portanto, para quebrar o recorde do brasileiro, Morínigo teria que permanecer no Coxa até 2022. Vale ressaltar, que os números do comandante são equilibrados, em 44 partidas, o técnico conseguiu 19 vitórias, 11 empates e 14 derrotas, obtendo 51% de aproveitamento. 

Início de Morínigo

Após um começo turbulento no cargo, o treinador conseguiu dar a volta por cima na equipe. Desse modo, o Coxa é o líder isolado da Série B, tem 39 pontos em 20 jogos, com 11 triunfos, seis igualdades e três reveses. Portanto, o clube precisa de mais 25 pontos para alcançar o número (65) que garante o acesso à Série A. Assim, faltam oito vitórias e um empate para atingir o feito. 

Em suma, focado na sequência da Série B, os comandados de Gustavo Morínigo voltam a campo na próxima sexta-feira (27). Dessa forma, enfrentam o Botafogo, no Couto Pereira, às 21h30 (horário de Brasília), pela 21ª rodada do torneio. Vale ressaltar que esse jogo não vai contar com público nas arquibancadas.

A princípio, o técnico não tem desfalques e pode repetir a escalação pelo terceiro jogo seguido. Sendo assim, o garoto Luizão volta a ficar à disposição após sofrer uma entorse na vitória sobre a Ponte Preta.

Por outro lado, Edson Carioca e William Alves realizaram trabalhos de fisioterapia, e ainda estão em recuperação clínica. Mesmo sem atletas suspensos, o Coxa conta com alguns nomes pendurados, são eles: Wilson, Wellington Carvalho, Luciano Castán, Willian Farias e Val.

Últimos técnicos do Coritiba 

  • Marquinhos Santos (2012/13) – 70 jogos 
  • Péricles Chamusca (2013) – 11 jogos 
  • Dado Cavalcanti (2014) – 11 jogos 
  • Celso Roth (2014) – 21 jogos 
  • Marquinhos Santos (2014/15) – 49 jogos 
  • Ney Franco (2015) – 30 jogos 
  • Pachequinho (2015) – 5 jogos 
  • Gilson Kleina (2016) – 28 jogos 
  • Pachequinho (2016) – 10 jogos 
  • Paulo César Carpegiani (2016/17) – 32 jogos 
  • Pachequinho (2017) – 28 jogos 
  • Marcelo Oliveira (2017) – 22 jogos 
  • Sandro Forner (2018) – 20 jogos 
  • Eduardo Baptista (2018) – 18 jogos 
  • Tcheco (2018) – 7 jogos 
  • Argel Fucks (2018/19) – 18 jogos 
  • Umberto Louzer (2019) – 30 jogos 
  • Jorginho (2019) – 15 jogos 
  • Eduardo Barroca (2020) – 22 jogos 
  • Jorginho (2020) – 13 jogos 
  • Rodrigo Santana (2020) – 6 jogos 
  • Gustavo Morínigo (2020/21) – 44 jogos 

Foto destaque: Divulgação/ Coritiba

Cristian Moraes
Estudante de jornalismo que sonha em trabalhar nos maiores eventos esportivos do mundo. E, assim, ser referência na área. Meu principal objetivo é ser correspondente internacional em Turim ou Londres. Sou fascinado por futebol, e como o esporte influencia às pessoas, e o mundo. Não me limito apenas a assistir, mas a consumir em sua totalidade, estudando e entendendo regras, conceitos, histórias e tudo que envolve o mundo das quatro linhas. No entanto, gosto de acompanhar outras modalidades, como: Basquete, Surf, Futebol Americano, Hóquei, Tênis, dentre tantas outras. Junto isso, tenho o amor pela leitura e a escrita como minhas aliadas na hora de passar para os meus textos, todas as sensações e emoções que estou sentindo, ao lado de informações relevantes com apuração precisa. Seja bem-vindo (a)!