Monarcas e Puebla vencem e entram no G-8

- No outro jogo da madrugada de sexta para sábado, o Tijuana conquistou três pontos contra o Pachuca
Monarcas

Neste sábado (14) se deu início a décima rodada do Clausura da Liga MX 2020. Primeiramente, duas partidas ocorreram pelas primeiras horas do dia, sendo elas, as vitórias em casa de Monarcas e Tijuana contra Querétaro e Pachuca, respectivamente. Posteriormente, no início da noite, o San Luis recebeu o Puebla e acabou sendo derrotado pelo placar mínimo de 1 x 0.

Como resultado desses três jogos, Monarcas e Puebla alcançaram os 14 pontos e estão momentaneamente no G-8 do campeonato, todavia devem perder posições com os próximos jogos da rodada. Outros dois times que possuem a mesma pontuação, apesar de terem sido derrotados, são o Pachuca e o Querétaro. San Luis vem logo abaixo do grupo de mais de seis times com pontuação repetida e está com 13 pontos na décima segunda colocação. Por fim o Tijuana com mais esses três pontos ainda segue na antepenúltima colocação mas abriu cinco pontos de vantagem para o ultimo colocado.

CLAUSURA LIGA MX – 10ª RODADA

MONARCAS 4 X 0 QUERÉTARO

O Monarcas chegou nesta rodada disposto a vencer a segunda partida consecutiva pela primeira vez neste Clausura 2020. Como adversário encontrou um Querétaro que vinha de dois empates em sequência e precisava vencer para garantir uma vaga e sonhar com a luta pelas primeiras colocações. Ambos os times tiveram três alterações para este jogo e como de costume na Liga MX, estas foram feitas de forma tática para esta partida.

O primeiro tempo teve inicio com o time da casa para frente, mostrando assim que as substituições haviam dado mais certo para o Monarcas. Logo aos 7 minutos, Fernando Aristeguieta arriscou de fora e obrigou Gil Alcalá a fazer ótima defesa. O predomínio dos Canarios foi tamanho que o time teve 73% de posse de bola durante a primeira etapa. Apesar disso e dos lances de perigos criados, a bola só foi entrar em cobrança de pênalti aos 44 minutos de jogo. O capitão Aldo Rocha bateu cruzado e fez 1 x 0.

Na segunda etapa, o Querétaro chegou a buscar o ataque e dar o primeiro chute no gol com apenas 20 segundos, todavia, logo aos 52 minutos outro pênalti marcado para o time da casa chegou como balde de agua fria para os Gallos Blancos.  Aldo bateu mais uma vez e marcou seu segundo gol no jogo e o oitavo no Clausura, chegando assim na liderança da artilharia. Minutos depois, Cándido Ramírez fez ótima jogada e cruzou na medida para Martín Rodríguez fazer o terceiro. Para piorar a situação dos visitantes, aos 75′, Julián Velázquez fez falta violenta e tomou cartão vermelho direto.  Ainda deu tempo para no final, Joaquín Martínez dar lindo toque e marcar o quarto gol.

TIJUANA 3 X 2 PACHUCA

Tijuana e Pachuca vivem vidas distintas no campeonato Mexicano, uma vez que, até a décima rodada o primeiro estava nas últimas colocações e o segundo estava na briga pela zona de classificação aos Playoffs. Apesar disso, o time da casa levou a melhor em um confronto com cinco gols em partida equilibrada. Ademais o jogo contou também com estatísticas distintas, enquanto o time da casa finalizava mais, o adversário mantinha mais a posse de bola.

A primeira boa chance do primeiro tempo surgiu aos 20 minutos, quando logo após escanteio a bola sobrou para Franco Jara. O atacante não conseguiu finalizar de forma equilibrada e a bola não foi no gol, entretanto, houve desvio e o time do Pachuca teve mais um escanteio. Depois que Rubens Sambueza fez nova cobrança, Edwin Cardona cometeu pênalti em Juan Iturbe. Jara foi para a cobrança e abriu o placar para os visitantes. Minutos depois, o Tijuana conseguiu o gol de empate. González Pírez recebeu livre na área depois de desvio de cabeça de Miguel Barbieri. O zagueiro então chutou com forca para fazer 1 x 1 no placar.

Com a igualdade no placar, os times voltaram ao jogo buscando seguir suas táticas. Enquanto que o Tijuana tentava chegar mais rápido ao gol adversário, o Pachuca preferia segurar a bola. Já aos 47 minutos, Cardona teve duas chances para virar o jogo mas não finalizou no gol. No ataque seguinte, mais uma vez Cardona tenta sem sucesso mas a bola sobra para Mauro Laínez acertar ótimo chute e virar o jogo. Aos 58′, Alexis Castro fez o terceiro do Tijuana após aproveitar cruzamento na área. No fim, Jara descontou em falha do goleiro, mas seu sétimo gol no campeonato de nada adiantou.

SAN LUIS 0 X 1 PUEBLA

Assim como outros times do dia, o San Luis buscava a vitória em casa com o intuito de colar no grupo do G-4 da Liga MX, entretanto, acabou por encontrar um time que havia feito 7 dos seus 11 pontos no torneio nos últimos 3 jogos. O Puebla, mais uma vez surpreendeu e conseguiu se sair vencedor em um confronto bastante disputado. Com a vitória o time entra de vez na briga por vaga na fase de mata mata do Clausura 2020.

A primeira boa oportunidade foi do time visitante aos 11 minutos. Santiago Ormeño na briga com os defensores, conseguiu se sair vencedor mas chutou desequilibrado para fora. Minutos depois, enfim, foi aberto o placar. Ángel Zaldívar aproveitou escanteio bem cobrado e completou para o fundo da rede para fazer o gol da partida.  O San Luis não conseguiu produzir lances de perigo e terminou o primeiro tempo sem acertar o gol de forma efetiva.

Na segunda etapa, o time da casa tomou conta do jogo, todavia, esbarrou na falta de criatividade e esperando apenas uma falha do Puebla. Isso quase ocorreu, aos 85 minutos, quando o goleiro Nicolás Vikonis soltou uma bola que havia saída para pegar de um cruzamento, mas a defesa lá estava para tirar. Após rever lance no VAR, o juiz decidiu que para a defesa ficar com a bola houve pênalti em Nicolas Ibañez. Apesar da oportunidade, o camisa 9 do San Luis perdeu a chance de empatar o jogo ao ter a sua cobrança defendida por Vikonis.

Foto Destaque: Twitter Aldo Rocha

BetWarrior


Poliesportiva


Yuri Murta
Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

    Artigos Relacionados

    Topo