MLS 2021

Ontem (13) o Comissário Don Garber apresentou atualizações tanto do acordo coletivo como do calendário MLS 2021. Primeiramente, a Major League Soccer ainda não tem uma data de início oficial. Entretanto, Garber afirmou que tem a intenção de começar o campeonato no começo de março e comentou sobre o calendário apertado desse ano.

Todos vocês sabem que este ano temos um calendário incrivelmente lotado. Temos as eliminatórias da Copa do Mundo, temos a Taça de Ouro, temos a Concacaf Champions League, a Lamar Hunt US Open Cup que foi adiada por um ano, temos o Campeonato Canadiano”, disse Garber. Além disso, o foco do futuro calendário da MLS é poder jogar todos os jogos em caso de possíveis adiamentos devido o Covid-19.

Por outro lado, as negociações com a Associação de Jogadores da MLS (MLSPA) ainda estão em curso. Agora restam somente 20 dias para se chegar em um acordo final. Com o grande impacto financeiro na MLS e nos clubes, no dia 29 de dezembro invocaram a cláusula de Força Maior. Posteriormente, anunciaram que para evitar um maior impacto na parte financeira dos jogadores, a CBA prorrogue a atual por dois anos. Sendo assim, não precise solicitar alteração no salário dos jogadores. Esse acordo prevê um prazo de 30 dias para negociar com êxito as alterações à CBA. Por fim, a liga espera que a restrição de fãs em estádios fique mais rígida para a maioria das equipes.

“Compreendemos que a MLSPA precisa de algum tempo para rever a proposta que fizemos na semana passada. Mas a partir de hoje, temos 20 dias para trabalhar em conjunto para chegar a um acordo, e estamos focados no laser para chegar a um acordo com os nossos jogadores, prontos para se sentarem com eles, dia ou noite.”

Foto Destaque: Divulgação/MLS

Marcos Sibinel
Olá, me chamo Marcos Sibinel, tenho 23 anos e curso jornalismo na Anhembi Morumbi. Nunca tinha pensado em seguir uma carreira como jornalista, mas foi quando cursava Relações Internacionais que percebi que tinha uma vontade de trabalhar com esportes. Fui então pesquisando sobre o curso de jornalismo esportivo que surgiu um grande interesse, além de amar nosso futebol, tenho vontade também de fazer o outro futebol, o americano, crescer ainda mais aqui no Brasil. Foi então que decidi que queria jornalismo esportivo. Twitter: @masibinel / Instagram: @masibinel

Artigos Relacionados