Minas goleia no feminino antes da paralisação

- Antes da paralisação por Coronavírus, a 5ª rodada teve muitos gols e emoções
minas icesp feminino

Antes da confirmação a paralisação do campeonato A1 Feminino, como medida preventiva à propagação do Coronavírus, no domingo (15), a 5ª rodada teve algumas partidas. O sábado foi de goleadas e, Minas Icesp e Cruzeiro conseguiram sair com ótimos resultados contra times tradicionais. Da mesma forma, no domingo tivemos ótimos jogos, nos quais os times do sul levaram os três pontos para casa.

Brasileirão A1 Feminino – 5ª rodada

MBTC 7 x 0 Ponte Preta

De portões fechados, o Minas Icesp recebeu a Ponte Preta no Bezerrão. O placar começou a ser construído logo nos primeiros minutos. Aos 5 minutos, Robinha arriscou de fora da área e acabou sendo interceptada, mas Katrine aproveitou a sequência e mandou para o gol. O MBTC continuou dominando o jogo e deixando a Macaca encurralada. Dessa forma, aos 17 minutos, Katrine deixou seu segundo gol, chutando de longe. Três minutos depois, foi a vez de Pelé deixar o seu após o cruzamento de Jéssica. Aos 26 minutos, Pelé marcou novamente. Além disso, antes da etapa acabar, as meninas do Minas ainda tiveram tempo para marcar mais dois, aos 31, Su aproveitou o vacilo da goleira e bateu colocado, e Luiza, aos 39, limpou dentro da área e mandou para o gol.

Na volta para o segundo tempo, as donas da casa só precisavam administrar o placar, mas decidiram manter sua postura ofensiva. Assim, conseguiram chegar muito perto do gol e tiveram importantes jogadas de falta, mas o último gol da partida veio só no final. Isa marcou um golaço de fora da área, aos 44 minutos, fechando a partida em incríveis 7 x 0 e, coroando a estreia do treinador Rodrigo Campos no Minas Icesp.

Iranduba 0 x 2 Cruzeiro

As Cabulosas viajaram para Manaus, para enfrentar um dos times mais tradicionais no Campeonato Brasileiro. O Hulk da Amazônia conseguiu dominar melhor a primeira etapa e conseguiu chegar perto do gol, aos 20 minutos, mas após a falta de Thaís, o desvio de Marília só raspou na trave. Assim, debaixo de muita chuva, as equipes foram para o intervalo com o placar de 0 x 0.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou com ajustes e conseguiu matar o placar. Aos 19 minutos, Thamirys desviou com a cabeça a cobrança de escanteio na primeira trave, e mandou para o fundo do gol. Depois, aos 29 minutos, Miriã limpou na entrada da área e arriscou o chute que,  não deu chances de defesa a goleira.

https://twitter.com/ascabulosascec/status/1238949931370627073

Grêmio 2 x 0 Vitória

Sem muitas chances no primeiro tempo, nenhum dos times conseguiu marcar e foram empatadas em 0 x 0 até o final. No entanto, o segundo tempo reservava surpresas. Logo aos 11 minutos, Pri Back fez uma bela cobrança de falta que, mesmo de longe da área atrapalhou a defesa da goleira. Assim, mesmo fazendo a defesa, acabou deixando a bola escapar e desviar na companheira de clube Suelen, abrindo o marcados para as Gurias Gremistas. Mais tarde, aos 21 minutos, a partida precisou ser paralisada, porque Ju Oliveira e Alecsandra tiveram um choque de cabeças e uma ambulância precisou ser acionada, porém demorou alguns minutos para chegar ao estádio. Já nos acréscimos, aos 48 minutos, Carla pegou um contra ataque e encerrou tudo em 2 x 0.

São José 0 x 3 Kindermann

As Leoas Caçadoras abriram o placar cedo. Aos 8 minutos, Letícia desviou o lançamento para dentro da área e no meio da confusão, a goleira não conseguiu defender. A equipe continuou atacando e se manteve a frente no jogo, mas a bola não entrava. Aos 47, Catyellen fez uma bela jogada e limpou sozinha na área. Depois, só mandou para o gol, de cobertura. Já no segundo tempo, aos 21 minutos, Mari Machado pegou um contra ataque, e cruzou, Catyellen estava ao lado do gol para pegar a sobra e marcar o terceiro tento.

Foto Destaque: Reprodução/Twitter/Minas Brasília

BetWarrior


Poliesportiva


Emanuelly Cardoso
Emanuelly Cardoso
Emanuelly Cardoso, 18 anos. Estudante de jornalismo, apaixonada pelo mundo da comunicação. Gosto de levar a vida com alegria e leveza. Sempre tive interesse por esportes, cultura e questões sociais. O futebol foi o tema que meu coração escolheu para falar sobre meus interesses e dar voz ao que me conecta com o universo.

    Artigos Relacionados

    Topo