México x Chile – Após o 7 x 0 na Copa América, o reencontro entre as equipes

Na noite desta sexta-feira na Data FIFA um confronto interessante acontece nos Estados Unidos, o encontro entre México do estreante Tatá Martino e o Chile do técnico Reinaldo Rueda. A bola rola às 23h15 no Estádio SDCCU, em San Diego.

MÉXICO

Após a saída de Juan Carlos Osório após chegar às oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia, o México irá iniciar um novo ciclo, o técnico argentino Tatá Martino irá fazer sua estreia na seleção. Para o confronto desta sexta diante do Chile, Tatá convocou o que tem de melhor, exceção de Jesus Corona, que foi convocado pelo treinador argentino, porém alegou que tinha problemas físicos e foi cortado na lista.

https://twitter.com/miseleccionmx/status/1108813110150868993

Provável escalação: Ochoa; Moreno, Reyes, Rafael Márquez e Layún; Herrera, Pineda, Guardado e Ramirez; Jiménez e Carlos Vela. Técnico: Tata Martino.

CHILE

Em preparação para a Copa América no Brasil em 2019, o Chile segue sua preparação para competição, diante do México nesta sexta e diante dos Estados Unidos na próxima terça (26), o time de Reinaldo Rueda fecha a preparação antes da última convocação para a competição, onde os chilenos são os atuais campeões.

Rueda vai para o seu décimo primeiro jogo do comando da seleção, antes o técnico colombiano já enfrentou e venceu a Suécia (2 a 1), Sérvia (1 a 0), México (1 a 0) e Honduras (4 a 1 ); empatou com Dinamarca (0 a 0), Polônia (2 a 2) e Coreia do Sul (0 a 0); e perdeu para Romênia (3 a 2), Peru (3 a 0) e Costa Rica (3 a 2).

Para o confronto desta sexta, Alexis Sanches lesionado não foi convocado e está fora do jogo, em contra partida, Arturo Vidal está de volta e deve ser titular no amistoso desta sexta.

https://twitter.com/LaRoja/status/1108851278346637312

Provável escalação: Arias; Isla, Diaz, Jara e Mena; Aránguiz, Vidal, Pablo Hernandez e Pavez; Mora e Castillo. Técnico: Reinaldo Rueda.

RETROSPECTO

Os mexicanos venceram 17 das partidas realizadas contra os chilenos, que foram bem-sucedidos em 11 confrontos. Os empates foram registrados em cinco oportunidades. Porém na última partida entre as seleções em jogo válido pela Copa América 2016, a Roja aplicou um 7 x 0 épico e arrancou para o bicampeonato.

 

Alex Bispo
25 anos, amante do futebol, brasileiro e internacional. Estudou Jornalismo durante um ano e meio na Universidade Guarulhos, e tem experiência em Web rádios, com passagens pela Rádio Show do Esporte, Esporte na Rede, Rádio Arena Esportes e Impacto 220. Atualmente também trabalha na assessoria de imprensa do Clube Atlético Guarulhense e colaborador dos sites SPFC MAIS e SPFC 24horas.

Artigos Relacionados