Mesmo menores infratores da Fundação Casa podem se sentir atletas profissionais

Copa CASA de Futebol chega a XII edição, visando auxiliar a integração social dos internos.

A Copa CASA é um campeonato de futebol que envolve adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa no Estado de São Paulo. A medida surgiu em 2004 num acordo entre a Federação Paulista de Futebol e a Fundação Casa, a fim de gerar uma contribuição social importante prestada pelo futebol paulista profissional.

Segundo o ex-presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, a copa “é uma forma de contribuir com a integração social dos adolescentes atendidos pelo Governo do Estado”, e para o vice- presidente da Fundação Casa, Antonio Cláudio Piteri, o esporte ajuda na redução das medidas de internação. “O esporte é uma ferramenta pedagógica importante e um dos fatores responsáveis, sem sobra de dúvidas, para a queda da reincidência dentro da instituição”.

Desde o início da parceria, os jogos das quartas de final da Copa CASA são realizados como preliminares do Campeonato Paulista de Futebol, “é um evento importante que tem dado um retorno muito positivo”, disse Piteri. Além de ceder os estádios, a FPF também convoca a arbitragem dos jogos.

Os adolescentes ficam mais empolgados, ficando mais fácil trabalhar a questão pedagógica dentro da instituição, é o que defende o gerente de Educação Física e Esportes da Fundação Casa, Carlos Alberto Robles, que completa ainda que a ideia “não é apenas fazer uma grande competição, mas usar o esporte como meio de fornecer educação sobre os valores da disciplina, respeito ao próximo e o cuidado com a saúde”, incentivando os internos a manter uma atividade física regular.

O projeto conta com Zé Maria, ex-craque da seleção e do Corinthians, que defende a importância da animação dos jovens, pois segundo ele “é por meio desse evento, que mostraremos o caráter social do esporte para os meninos, e os que se destacarem podem ate ser aproveitados em equipes de futebol profissional”.

A Copa começou no fim de janeiro, onde os jogos são regionais, ou seja, divididos entre as 11 divisões da instituição. Já na fase atual das quartas de final, os jogos passam a ter caráter estadual.

Com uma goleada, a equipe da CASA Bauru conquistou a vaga para semifinal. O time venceu o sertãozinho por 10×2 na partida disputada em Ribeirão Preto. Já o jogo que rolou em São Bernardo do Campo foi mais equilibrado, o CASA Vila Leopoldina venceu o Itaquaquecetuba por 2×1 e levou mais uma das vagas para as semifinais.

Com esses resultados, os jogos da semi desse sábado (19) serão CASA Sorocaba II versus Bauru, e acontece no Antonio Lins Ribeiro Guimarães. O jogo antecede União Barbarense e Guarani pela A2 do Paulistão. Já os jogos de domingo (20), tem o CASA Irapuru II enfrentando o Vila Leopoldina, em Itu, antes do Ituano e São Paulo, pelo campeonato Paulista da série A.

A final da competição acontece no final de março e começo de abril. Já são 12 anos de tradição, com 19.800 adolescentes privilegiados, segundo a coordenadora pedagógica da Gerência de Esportes da instituição.

Carolina Keyko
Carolina Keyko
Sou Carolina Keyko Rodrigues, 21 anos, estudante de jornalismo, apaixonada por esportes, música, teatro, gastronomia e fotografia. Já trabalhei como estagiária para a Arquidiocese de São Paulo como gestora de mídias sociais, Estagiária para os Doutores da Web com SEO. Gosto de áreas que me desafiem a escrever, como o futebol, que esta em constantes mudanças, costumo assistir os jogos do Santos com a fanática da minha irmã e acompanho meu pai nos jogos da Portuguesa, pois é, faz parte.

Artigos Relacionados

Topo