Ricardo Zamora foi escolhido o primeiro na lista de melhores goleiros do futebol espanhol. Foto Destaque: Reprodução/Wikipedia

A posição que é diferente de todas as outras, iniciando desde a forma de se vestir até a solidão na meta. Entretanto, são em muitos casos, a base de um grande elenco. Uma das grandes escolas da Europa, a Espanha tem como tradição formar grandes atletas nesta posição. Sendo assim, nesta coluna vamos fazer uma lista com os melhores goleiros que protegeram as equipes e a Seleção Espanhola por anos.

Top 10: Melhores goleiros do Futebol Espanhol

10-Juan Carlos Ablanedo

Jogador que defendeu o Sporting Gijón por toda a carreira, fez seu nome por sua grande agilidade e reflexos apurados. Apesar de relativamente baixo para a posição, essa velocidade na reação rendeu à ele o apelido de “El gatu” (O gato). Ablanedo participou de duas copas do mundo, 1986 como terceiro goleiro e 1990 como reserva.

9-Santiago Cañizares

Esse arqueiro surpreendeu todo o futebol da Espanha ao ganhar o troféu Zamora, que é dado ao goleiro menos vazado no campeonato com o Celta de Vigo. Atuou pelo Real Madrid, onde venceu a Champions League 1997-98 e dois Campeonatos Espanhóis. Em seguida foi para o Valencia, onde atuou por dez anos, vencendo duas vezes o Espanhol, uma Copa da Uefa, uma Supercopa da Europa e uma Supercopa da Espanha. Cañizares seria titular da Copa do Mundo em 2002, se não sofresse uma das lesões mais inusitadas da história do futebol, ao cortar o pé com um frasco de perfume.

8-Victor Valdés

Conhecido pela agilidade e espírito de liderança, se tornou o goleiro de uma das maiores e melhores equipes da história do futebol mundial. Valdés se profissionalizou em 2000 no Barcelona, clube onde atuava desde os 10 anos de idade. O arqueiro era homem de confiança de Pep Guardiola, e foi sendo treinado por ele que o atleta conquistou duas de suas três Ligas dos Campeões. Outros títulos com o clube foram: seis campeonatos espanhóis, três Supercopas da Espanha e uma Copa do Rei. Além disso, Valdés foi reserva de Casillas na Copa do Mundo de 2010, fazendo parte do elenco campeão mundial.

7- Jan Oblak 

O primeiro não-espanhol do Top 10 ainda é jovem e tem uma boa parte da carreira ainda por cumprir. Mas já fez história no futebol da Espanha jogando pelo Atlético de Madrid. O jogador que se destacou no cenário europeu atuando pelo Benfica chegou em terras ibéricas no ano de 2016, e desde então vem acumulando prêmios. Comandado por Diego Simeone, o esloveno já ganhou quatro troféus Zamora, se tornando um dos maiores vencedores desta honraria, com apenas 27 anos de idade.

6-Bodo Ilgner

O segundo estrangeiro da lista é da vasta escola alemã de goleiros. Ilgner jogou inicialmente no Colônia e em seguida fez suas cinco temporadas finais no Real Madrid, entre 1996 e 2001. Neste período defendendo os Blancos, o goleiro faturou duas ligas espanholas, duas Ligas dos Campeões, e um intercontinental. Além disso, ele foi o único goleiro a não tomar gols numa Copa do Mundo, na edição de 1990.

5-Andoni Zubizarreta

O atleta que foi o nome que defendia o gol da La Furia nos anos 90 não poderia ficar de fora. Zubizarreta começou  no Athletic Bilbao, onde ganhou duas vezes a La Liga e uma Copa do Rei. Em seguida, foi transferido para o Barcelona, onde venceu muitos troféus como a Liga dos Campeões 1991-1992 e outros quatro campeonatos nacionais. Foi também na Catalunha que faturou seu único troféu Zamora na temporada 1986-87. Já pela seleção, o arqueiro atuou sete torneios de grande porte (quatro Copas e três Euros), sendo titular em seis delas.

4- El Txopo Iribar

José Angel “El Txopo” Iribar foi um dos goleiros históricos do Athletic Bilbao. O ex-jogador atuou pelo clube Basco quase que exclusivamente, foi lá que ele jogou mais de 600 partidas. Ele era reconhecido com um dos melhores goleiros por conseguir intimidar oponentes e ter um grande senso de posicionamento. Além disso, pela Seleção Espanhola, Iribar venceu a Eurocopa de 1964, disputada em seu país, além de ter disputado a Copa do Mundo de 1966

3-Luis Miguel Arconada

O maior goleiro da história da Real Sociedad,  Arconada foi capitão da equipe do País Basco por 14 anos, assim se tornando o quarto jogador a mais atuar pela equipe. Foi lá que ele venceu dois Espanhóis e uma Copa do Rei. Além de ter conquistado três Zamoras. Pela Seleção da Espanha, o goleiro jogou duas copas, e conquistou o vice-campeonato da Euro em 1984. Uma grava lesão o tirou da Copa de 1986, onde Zubizarreta se fixou como dono da posição.

2-Iker Casillas

O goleiro mais jovem a se tornar titular, Casillas fez parte de grandes elewncos do Real Madrid no século XXI. Considerado por muitos um dos melhores jogadores espanhóis dos últimos tempos, o espanhol acumulou títulos e glórias individuais. Além de seu grande status no Real Madrid, ele foi titular e capitão do melhor ciclo da história da seleção espanhola, entre 2008 e 2012. Foi ele quem ergueu a Copa do Mundo e as duas taças europeias conquistadas pela La Fúria

1- Ricardo Zamora

O goleiro que dá nome ao troféu que premia o goleiro menos vazado da Liga Espanhola é sem dúvidas um dos melhores de todos os tempos. Suas vestes em campo marcaram época, mas não mais que a sua habilidade. O catalão iniciou no Espanyol, e se transferiu depois ao Barcelona, onde ficou por três temporadas. Em 1930, foi transferido para o Real Madrid, por um preço que valia o equivalente à cinco times inteiros.

Pela Espanha, Zamora conseguiu uma medalha de prata nas Olimpíadas de 1920, mas sua grande atuação foi na Copa do Mundo de 1934. Em tal ocasião, o arqueiro conseguiu segurar a Itália mesmo depois de levar uma cotovelada do adversário no lance que originou o gol de empate da Azurra. Apesar de não aparentar lesão, ele não atuou no jogo desempate, e a Fúria foi eliminada perdendo por 1 x 0. Em termos de títulos Zamora venceu dois campeonatos espanhóis, cinco campeonatos catalães e uma Copa do Rei.

Esses são, na nossa opinião, os  nomes dos melhores goleiros que fizeram, fazem e ainda vão fazer com que marcar nas metas espanholas seja uma tarefa cada dia mais árdua e que necessite ser celebrada com ênfase.

Foto Destaque: Reprodução/Wikipedia

Avatar
Lucas Stank
Nascido em Florianópolis, Estudo Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina. Sempre gostei de futebol, inclusive dizem que minha palavra dita foi gol

Artigos Relacionados