Mbappé

Um dos grandes nomes do Paris Saint-Germam, Kylian Mbappé ainda não renovou contrato. Em suma, o vínculo do jogador com o clube se encerra em junho de 2022. Sendo assim, o futuro do craque de 22 anos permanece indefinido. No entanto, de acordo com o presidente do clube, Nasser Al-Kelaifi, o jovem vai continuar defendendo as cores do time parisiense. “Vou ser claro: Mbappé vai ficar em Paris”, afirmou ao jornal “L'Equipe”. A saber, a declaração do mandatário foi dada em meio a série de especulações em relação a saída do camisa 7 do PSG.

De antemão, o jogador é uma das peças fundamentais da equipe de Paris. A saber, o atacante chegou ao time da capital francesa na temporada 2017/18. Assim, o clube pagou 180 milhões de euros pela promessa. Desse modo, mesmo na temporada em que o único título do plantel foi a Copa da França, o jovem mostrou que vale o investimento. Em síntese, o atacante terminou no topo da artilharia do Campeonato Francês pela terceira temporada consecutiva. Além disso, balançou a rede 42 vezes ao longo de 2020/21.

Jamais o venderemos e ele nunca partirá de graça. Ele tem tudo de que precisa em Paris. Para onde ele pode ir? Qual clube, em termos de ambição, pode competir com o PSG hoje? Tudo o que posso dizer é que as coisas estão indo bem e espero que possamos chegar a um acordo, declarou o presidente

https://twitter.com/PSG_inside/status/1400815099967729666

Mbappé no Real?

Decerto, uma das maiores especulações sobre o futuro do jovem francês é em relação a ida dele para o Real Madrid. Por isso, uma declaração do jogador que faz dupla de ataque na Seleção Francesa, Karim Benzema, rendeu muitos comentários. Em resumo, quando questionado sobre os próximos passos do companheiro, o atacante afirmou que Mbappé é bem-vindo no Real. Por último, além do clube merengue, outros gigantes como Barcelona e Liverpool estão de olho na joia francesa.

Foto destaque: Reprodução/PSG

Avatar
Dara Oliveira
Sou Dara Oliveira, estudante de Jornalismo. Orgulhosamente do Norte do Brasil. Me considero uma contadora de histórias. A paixão pelo jornalismo começou ainda na infância, na mesma época que o futebol passou a ser parte importante da minha jornada. Tudo que envolve o mundo esportivo me desperta curiosidade. Eu acredito no poder do esporte como instrumento de inclusão social.

Deixe uma resposta